14/12/18 Dicas e Guias , Negócios # , , , ,

Quais são as tendências para empreendedorismo em 2019?

Quais são as tendências para empreendedorismo em 2019?

O mercado muda constantemente. Muitas ideias permanecerão para o próximo ano, algumas serão substituídas ou até mesmo desaparecerão. Quer conhecer as tendências em empreendedorismo para 2019? Continue lendo!

Segundo informações do IBGE, em 2017 a economia apresentou um crescimento de 1% e com isso o cenário econômico em 2018 foi de recuperação. Para 2019, as expectativas são de que a economia continue em progresso. Confira agora as tendências que podem impactar o seu negócio no próximo ano:

 

  • Trabalho e gestão de equipes remotamente

Muitas pessoas sonham em trabalhar em casa. O conhecido home office é uma tendência pelo seu grande número de benefícios. Para a empresa, entre as vantagens estão o corte de gastos e também o aumento da produtividade. Hoje há diversas ferramentas que auxiliam na comunicação à distância.

Alinhado a isso, existem plataformas que avaliam o trabalho não pelo tempo, mas sim pela produção. É possível atribuir esses novos métodos aos Millennials, uma geração que participa ativamente da revolução digital.

Uma pesquisa da Rock Content apontou que mais de 34% das empresas entrevistadas pretendem investir no sistema remoto.  Esse mesmo estudo ainda revela que ohome office melhora a produtividade, a qualidade de vida e diminui os custos do profissional. 

 

  • Marketing Interativo

O Marketing Interativo é, sem dúvida alguma, uma tendência em empreendedorismo fortíssima para 2019. De forma algorítmica, esse formato de marketing recolhe dados para utilizá-los como estratégia.

Com isso, é possível interagir com pessoas e através das respostas adquiridas pensar em novas ações e interações. Além de estabelecer uma conexão com o cliente, o Marketing Interativo também adequa o serviço ou produtos às preferências de cada cliente. É bem melhor que seu cliente esteja fidelizado e compre vários produtos por diversas vezes do que captar novos clientes.

 

  • Experiência única ao usuário

Criado há mais de 20 anos, o conceito de Economia de Experiência tem ganhado mais atenção nos últimos anos. Segundo um artigo da Harvard Business Review, a prioridade das organizações deve ser a promoção e venda de experiências únicas e memoráveis.

Um exemplo de empresa que utiliza muito bem essa tendência é a Coca-Cola. Quando um cliente compra o produto ele está adquirindo um valor intangível agregado. Não é apenas o líquido contido na lata que faz a diferença, mas também a associação a bons momentos que foi desenvolvida pela marca ao longo do tempo.

A Experiência do Usuário (UX) pretende proporcionar uma boa experiência ao usuário no momento em que entrar em contato com materiais ou canais relacionados à marca.

 

  • Segurança digital

Outra tendência em empreendedorismo para 2019 é a expansão do mercado de segurança digital. Há um novo Regulamento Geral sobre a Proteção de Dados (RPG) na União Europeia e com essa mudança, mesmo as empresas que não estão localizadas no território europeu podem ser afetadas.

As novas regras exigem prestação de contas às instituições responsáveis. Através disso, serão criados novos cargos, funções e equipes.Impulsionando assim, todas as atividades relacionadas.

 

  • Internet das Coisas (IoT)

Entender essa tendência é bem simples, trata-se basicamente da inserção da web nos objetos que nos rodeiam em nosso cotidiano. Elon Musk (Tesla e SpaceX) e Mark Zuckerberg (Facebook) investem grande parte de seus recursos na criação de satélites com o objetivo de conectar todos os habitantes do planeta. A internet hoje está presente na vida de 54,4% das pessoas.

A Internet das Coisas vai muito além do que a computação em nuvem, por exemplo. Por meio dela já foram criados dispositivos vestíveis como smartwatches e óculos. Além disso, videogames, eletrodomésticos, móveis, veículos e até mesmo construções já estão sendo conectados por meio da internet.

 

Confira mais tendências em empreendedorismo:

– Realidade Virtual

– Eventos ao vivo

– Aplicativos e Tecnologia Disruptiva

– Software as a Service (Software como Serviço)

Gostou do nosso artigo?Conheça empresários de sucesso e faça parte da rede de contatos que mais cresce em Bauru! Venha tomar um café conosco e conhecer mais sobre o Meepe Networking!

Entre em contato e conheça mais do nosso grupo!

contato@meepe.com.br

Posts recentes

Entre em contato e saiba como participar da Meepe Networking contato@meepe.com.br ou preencha abaixo:

no responses
26/11/18 Negócios # , , , , ,

5 dicas importantes para mulheres empreendedoras

5 dicas importantes para mulheres empreendedoras

Raffaella Marchese é economista e fundou sua própria empresa em 2017. De lá para cá, já são 30 unidades abertas e mais 50 em processo de inauguração. Raffaella dedica seu tempo a estudar e estimular o empreendedorismo feminino. Confira!

Como já publicamos em um artigo anterior, o empreendedorismo feminino fortalece a economia do país. De acordo com uma pesquisa da RME (Rede Mulher Empreendedora) realizada com 1,3 mil mulheres no país, 85% já são empreendedoras e 15% pensam em empreender. Estudando esse ambiente, Raffaella Marchese desenvolveu 5 dicas para estimular e direcionar mulheres que desejam empreender.

1 – É preciso se organizar

A vida de uma empreendedora costuma ser cheia. Você vai precisar de organização se quiser empreender tranquilamente. Você terá de ser sua própria líder e determinar onde quer chegar. A pressão por respostas a todo momento é constante. Não se deixe envolver nesse ciclo vicioso, pois logo perceberá que outras pessoas estarão fazendo sua agenda por você. Se você não possuir objetivos claros, estará sempre “apagando o fogo” de situações ao seu redor.

Outro problema de não ter um foco, é que suas economias também não terão um destino pré-determinado para investir. Com o tempo, o custo de operação e o estresse baterão em sua porta. Tenha sempre os pés no chão, faça a gestão de sua agenda com muito planejamento dividindo-a de acordo com suas prioridades e prazos.  Uma boa dica é fazer as atividades que menos gosta no início do dia para evitar a famosa procrastinação.

 

2 – Estude o mercado

Uma forte característica é que mulheres costumam ser bem cautelosas. Isso é essencial para evitar enfiar os pés pelas mãos em diversas situações. Não importa em qual área você atua ou deseja atuar. É muito importante estudar o mercado, buscar informações, conversar com pessoas da área e também se juntar a pessoas com interesses em comum.

Infelizmente, essa característica também pode ser uma armadilha. Ao idealizar um projeto, não procure a perfeição se não o mesmo jamais sairá do papel. “Melhor do que um trabalho perfeito é um trabalho feito. Sinta-se segura com a bagagem que já tem, tenha coragem e inicie, o aperfeiçoamento virá com a prática”, conta Raffaella.

 

3 – Autoconhecimento é muito importante

Geralmente os empreendimentos possuem a “cara” do empreendedor. Graças a isso, o autoconhecimento só trará benefícios ao dia a dia do seu negócio. Conheça seus pontos fortes e os utilize a seu favor para obter os melhores resultados. A sociedade geralmente coloca uma grande pressão e acabamos não nos sentindo bons em determinadas atividades.

Reconheça seu valor e coloque-o em destaque. Mas atenção, não ignore seus pontos fracos. É preciso identificar cada um deles e ter em sua equipe pessoas que possam supri-los. Procure se aprimorar em cada área, mas sem perder tempo demais.

 

4 – Tenha um perfil solucionador

Quando você oferece um produto ou serviço ao seu cliente, o mesmo busca uma solução. “É extremamente motivador imaginar que pode-se ganhar dinheiro ajudando pessoas e acredite, é isso que você faz. E já que alguém procura a solução em você, não deixe jamais essa pessoa ir embora sem ter seu problema “resolvido”, relata Raffaella. Quando se tem uma equipe, é preciso entender que essas pessoas confiam, se espelham e dependem de você. Tenha um perfil solucionador e motive seus funcionários a serem solucionadores também.

 

5 – Trabalhe muito!

Sua dedicação deve ser diária!“Não adianta achar que basta ter uma grande ideia e que as coisas acontecerão naturalmente, dependerá de muita ação e reinvenção sua nesse processo. Equilibre seus momentos de trabalho e lazer, claro, não prejudique sua vida pessoal, mas saiba que grande parte da sua vida será dedicada e empenhada nesse empreendimento”, finaliza Raffaella.

 


Curtiu nossas dicas? Venha tomar um café conosco e conhecer mais sobre o Meepe Networking. Faça parte da rede de contatos que mais cresce em Bauru!

Entre em contato e conheça mais do nosso grupo!

contato@meepe.com.br

Posts recentes

Entre em contato e saiba como participar da Meepe Networking contato@meepe.com.br ou preencha abaixo:

no responses
19/11/18 Negócios # , , , ,

Networking fortalece o empreendedorismo local

Networking fortalece o empreendedorismo local

A conexão entre pequenos empresários pode resultar em grandes negócios. O networking ajuda a ter contatos profissionais estratégicos, mantê-los sempre ativos e produtivos e com isso fortalece o empreendedorismo da região. Confira!

Networking se tornou um assunto tão relevante que até mesmo as grandes faculdades americanas estão incluindo o tema em suas grades de estudo. Quando buscamos referências bibliográficas sobre o tema, nos deparamos com seu surgimento ligado a Teoria do Conectivismo. O estudo apresentou a probabilidade que cada pessoa tem de conhecer e se conectar com outra no mundo, independente de sua localização. Segundo a teoria, são necessários até seis laços de amizades, para que todos os indivíduos estejam ligados.

Sendo a teoria verdadeira ou não, os empreendedores têm apostado cada vez mais no networking. Ele é uma ferramenta poderosa para fortalecer a economia local.  De acordo com o coach Alexandre Prates, o networking é “Uma troca de experiências e conhecimentos que pode trazer, como consequência, novos negócios”.

 

Crie grandes conexões utilizando o networking

Há três dicas simples, que quando executadas, podem render grandes conexões profissionais:

  1. Foque em qualidade e não quantidade!

Ter contatos efetivos é melhor do que ter muitos contatos

  1. Não seja aquela pessoa inconveniente

Entre em contato sempre, não só quando precisar de algo ou algum serviço

  1. Seja proativo

Ofereça algo ao seu contato comercial espontaneamente, sem esperar algo em troca. Atitudes como essa fortalecem a relação, geram confiança e reciprocidade.

 

E afinal, como a economia local se fortalece?

  • Gera empregos para a população
  • Produz mais oportunidades para fornecedores locais
  • Incentiva outras pessoas a empreender

Gostou das nossas dicas? Venha tomar um café conosco e conhecer mais sobre o Meepe Networking. Faça parte da rede de contatos que mais cresce em Bauru!

Entre em contato e conheça mais do nosso grupo!

contato@meepe.com.br

Posts recentes

Entre em contato e saiba como participar da Meepe Networking contato@meepe.com.br ou preencha abaixo:

no responses
12/11/18 Negócios # , , , ,

Como fazer com que seu negócio venda mais com a Black Friday?

Como fazer com que seu negócio venda mais com a Black Friday?

A Black Friday representa uma excelente oportunidade para quem vende produtos e serviços. Algumas empresas chegam a vender em um único final de semana o equivalente a um mês de faturamento. Confira!

Como em todos os anos, a Black Friday acontece em novembro, após o Dia de Ação de Graças comemorado nos EUA. Em 2018, a data cairá no dia 23 de novembro.  Nos últimos anos, a Black Friday vem quebrando recordes. Confira alguns resultados:

  • Valor movimentado: R$ 2,1 bilhões (10,3% acima de 2016)
  • Ticket médio de R$ 562,00
  • 3,76 milhões de pedidos realizados

Fonte: Agência Mestre

Como se preparar para a Black Friday 2018?

Diversas empresas investem milhares de reais em estratégias todos os anos e acabam se esquecendo de algo muito simples: preparar seu território. Esteja preparado para atender seus clientes e suportar sua demanda. Se suas vendas são feitas pelo site, ofereça um site com funcionamento seguro. Verifique se existem links quebrados e se seu sistema de compra está funcionando perfeitamente.

Quando a Black Friday surgiu no Brasil, muitos “espertinhos” utilizavam truques para que seus preços parecessem menores nessa data. Com isso, cada vez mais pessoas estão atentas ao que é “cilada” e ao que é realmente um bom desconto. Não tente ganhar enganando seus clientes, ofereça descontos proveitosos para ambas as partes.

É bem provável que você já possua uma cartela de clientes.Que tal ofertar um desconto especial para esse grupo de pessoas? Por exemplo, se você vai dar 50% de desconto para o público geral, ofereça 60% ou quem sabe até 70% para quem já confia em você e conhece a qualidade de seu produto ou serviço.

Dependendo do tamanho do seu negócio é possível também potencializar suas vendas através do Whatsapp. Praticamente todos os brasileiros têm acesso ao aplicativo de mensagens e com ele seu público pode ficar ainda mais confortável para ser atendido. Será possível tirar dúvidas e maximizar suas vendas.

Não deixe a Black Friday passar em branco!

Aproveite todo o potencial que essa marca tem também para mostrar que seu negócio quer sempre oferecer o melhor aos sues clientes. Pesquisas apontam que as pessoas já estão procurando pela Black Friday no Google:

Fonte: Agência Mestre

Quer mais dicas? Assista ao vídeo:

Gostou do nosso artigo? Venha tomar um café conosco e conhecer mais sobre o Meepe Networking. Faça parte da rede de contatos que mais cresce em Bauru!

Quer saber mais? Continue navegando pela nossa página!

Entre em contato e conheça mais do nosso grupo!

contato@meepe.com.br

Posts recentes

Entre em contato e saiba como participar da Meepe Networking contato@meepe.com.br ou preencha abaixo:

no responses
05/11/18 Negócios # , , , ,

Aprenda o que é uma Persona e como criá-la para seu negócio

Aprenda o que é uma Persona e como criá-la para seu negócio

A persona foi criada para ajudar seu negócio e compreender melhor quem é seu cliente e o que ele precisa. Confira mais!

Graças a transformação digital, as empresas se preocupam cada vez mais com o consumidor e o colocam no centro de suas ações. Por isso, todas as táticas do seu negócio devem ser interessantes para seu comprador ideal.

 

Afinal, o que é persona?

O conceito foi criado por Alan Coopere e diz que “Persona ou buyer persona é um perfil semi ficcional que representa o cliente ideal de uma empresa, criado para ajudar seu negócio e compreender melhor quem é o cliente e do que ele precisa”.

Essa persona, nada mais é que um personagem criado para ajudar sua empresa a entender melhor quem é seu cliente e do que ele precisa. Uma boa persona descreve com detalhes como seria seu comprador ideal. A pessoa perfeita para consumir seu produto ou serviço.

  • Exemplo de persona

Jéssica, 29 anos, é graduada em publicidade e propaganda e coordenadora de conteúdo em uma agência de publicidade. Solteira e mora sozinha com seu gato, Napoleão, que trata como filho. Queria passar mais tempo com Napoleão, mas trabalha muito e não sabe como distraí-lo. Seu objetivo é comprar um produto que resolva a falta que seu gato sente dela.

 

Público-Alvo

Abrange um grande número de pessoas que podem ser atingidas pelo produto ou serviço que sua empresa oferece. Isso envolve fatores demográficos, socioeconômicos e comportamentais que serão importantes para ações de seu negócio.

A preocupação das empresas hoje em dia, deve ser voltada para selecionar melhor seus clientes e entendê-los mais a fundo. Com isso é possível garantir que a experiência será satisfatória.

  • Exemplo de público-alvo

Jovens entre 20 e 27 anos, com formação superior, classe C e B, que procuram um trabalho flexível e inovador.

Fonte: Perfomed Digital

Como criar uma persona?

Não crie uma persona partindo de palpites ou suposições. A lista de perguntas que podem ser feitas é extensa e irá variar se acordo com o seu segmento. Separamos algumas questões que podem te auxiliar:

– Saiba quais são as perguntas que precisam ser feitas

– Analise os dados e procure características comuns entre seus clientes

Personifique os dados, crie um nome, idade, profissão

– Compartilhe esses resultados com seus colaboradores e parceiros


Gostou do nosso artigo? Venha tomar um café conosco, conheça empreendedores de sucesso e saiba mais sobre o Meepe Networking. Faça parte da rede de contatos que mais cresce em Bauru!

Entre em contato e conheça mais do nosso grupo!

contato@meepe.com.br

Posts recentes

Entre em contato e saiba como participar da Meepe Networking contato@meepe.com.br ou preencha abaixo:

no responses
29/10/18 Negócios # , , , , ,

Saiba como construir sua marca pessoal em 5 passos!

Saiba como construir sua marca pessoal em 5 passos!

Você sabe o que é Branding? E Personal Branding? Com pequenas atitudes é possível melhorar a imagem pessoal de cada profissional. Saiba como construir sua marca pessoal e gerar valor para sua carreira!

Branding é um termo utilizado para tratar da composição e do gerenciamento de marcas. Já o Personal Branding irá tratar da imagem e marca pessoal de cada profissional. Separamos 5 passos que podem te auxiliar na criação de sua marca pessoal. Confira:

 

– Identifique seu objetivo

Não importa a área de atuação, todas as pessoas possuem uma marca pessoal. É importante estar focado em seu objetivo específico. Para isso, descubra quais são seus pontos fortes e o que você faz de melhor. No caso de um nutricionista, por exemplo, seu objetivo pode estar ligado ao reconhecimento como um profissional da área esportiva ou especialista em dietas veganas.

– Cuide de sua imagem pessoal

Tire um tempo para observar sua aparência física. É muito importante manter o cuidado com seu corpo, roupas e cabelo. Se estiver em dúvidas sobre vestimenta, opte sempre por opções mais formais. Já ouviu aquele ditado “Uma imagem vale mais que mil palavras”?

– Tenha atenção às suas atitudes

Seja em casa, no trabalho, na academia ou em redes sociais, suas atitudes podem tanto valorizar sua imagem, quanto depreciá-la. Tudo que você faz gera uma experiência e uma percepção para as pessoas que estão a sua volta.

– Seja você mesmo

O Personal Brandingnão envolve apenas competências técnicas ou uma imagem confiável. O grande fator para esse conceito está em fazer com que as pessoas o percebam e queiram ter você por perto. É preciso destacar o que há de melhor em você e não criar um personagem. Trabalhe seus valores, suas características e competências e irá se surpreender com os resultados que pode alcançar.

– Pratique o Networking

Vivemos em sociedade e precisamos uns dos outros. Construa redes de relacionamento, participe de cursos, palestras e eventos. Tudo isso será muito importante para fortalecer sua imagem pessoal.

Conheça empresários de sucesso e faça parte da rede de contatos que mais cresce em Bauru! Venha tomar um café conosco e conhecer mais sobre o Meepe Networking!

Entre em contato e conheça mais do nosso grupo!

contato@meepe.com.br

Posts recentes

Entre em contato e saiba como participar da Meepe Networking contato@meepe.com.br ou preencha abaixo:

no responses
22/10/18 Negócios # , , , , ,

Como ter um grande negócio e conquistar clientes?

Como ter um grande negócio e conquistar clientes?

Há empresas que nascem com o objetivo de serem pequenas. Mas o desejo de boa parte dos empresários do Brasil não é esse. Muitos abrem um negócio para crescerem e tornarem-se cada dia mais referência no segmento. E como ter um grande negócio? Confira!

Você abriu seu negócio para crescer e conquistar novos clientes, não é mesmo? Mas, se você possui esse desejo e não entende porque sua empresa não cresce, temos algumas dicas para te mostrar como é ser uma grande empresa.

Veja agora 6 motivos que podem estar atrapalhando o crescimento do seu negócio:

 

Você não prioriza sua área de vendas

Um grande pecado é acreditar que o seu negócio não precisa focar em vendas. Por não ter uma grande empresa, muitos apoiam suas vendas em indicações de terceiros ou promoções de frequentes. Essas técnicas não são sustentáveis a longo prazo. Na maioria das vezes, pequenas empresas tendem a priorizar a execução de seu serviço ou produto para se estabilizar no mercado. Isso é muito importante, mas é preciso equilibrar o seu esforço entre a consolidação do que você oferece ea criação de um processo de vendas para a sua ideia.

 

Você não domina a arte da venda

Vender vai além de apenas oferecer um orçamento, fechar um contrato ou gerenciar um pagamento. Para vender frequentemente e de maneira previsível é preciso ter um processo definido. Com etapas e funil de vendas para acompanhar a evolução de cada processo.

 

Você não sabe contratar e/ou gerenciar vendedores

Contratar vendedores pode ser desafiador, esses funcionários precisam de capacitação constante. Eles precisam entender do seu negócio, do seu produto e acima de tudo precisam de motivação. Se você não ajudar com essa tarefa, seus vendedores trarão pouquíssimos resultados para sua empresa independente de sua experiência. Um vendedor precisa ser gerenciado, não definir metas claras, não ter processos e não os estimular pode gerar uma frustração.

 

Você não acompanha seus resultados

Quantas vendas você fez no último mês? Talvez você saiba responder essa pergunta, mas sabe dizer quantas vendas você perdeu? É importante entender que o resultado não é apenas o que foi realizado, mas também as oportunidades perdidas. Procure cobrar e fazer relatórios para entender onde estão as oportunidades de melhorias.

 

Você não investe no crescimento da sua empresa

Se um pequeno empresário tem a sorte de descobrir como crescer, ele geralmente resiste em gastar dinheiro para dimensionar e manter dinheiro. O brasileiro tende a ser conservador e não arriscar em cenário de adversidade econômica. Esse é um dos erros mais comuns que divide um grande e um pequeno negócio. Acelerar seu crescimento aumentando o investimento é muito importante para alcançar o próximo nível.

 


Gostou do nosso conteúdo? Procurando mais dicas para alavancar os resultados de sua empresa? Venha tomar um café conosco e bater um papo com empreendedores de sucesso! Entre em contato!

Entre em contato e conheça mais do nosso grupo!

contato@meepe.com.br

Posts recentes

Entre em contato e saiba como participar da Meepe Networking contato@meepe.com.br ou preencha abaixo:

no responses
15/10/18 Negócios # , , ,

Você sabe quais são as características de um negócio de sucesso?

Você sabe quais são as características de um negócio de sucesso?

Histórias famosas de sucesso geralmente giram em torno de uma ideia inovadora. Mas não é apenas com algo inédito que seu negócio terá sucesso, acima de tudo é preciso se destacar perante a concorrência. Saiba como!

O empreendedorismo cresce todos os dias no Brasil. De acordo com uma pesquisa realizada em 2015 pela Global Entrepreneurship Monitor(GEM) em parceria com o Sebrae, 4 em cada 10 brasileiros são empreendedores. Na configuração atual do mercado a oferta de praticamente todos os produtos é ampla. A possibilidade de comparação entre as marcas também está mais fácil que nunca. Muitos fatores que antes eram diferenciais hoje são vistos como obrigação.  Um exemplo disso são os canais de atendimento ao consumidor, hoje em dias eles são imprescindíveis.

 

A importância das redes sociais

A redes sociais permitem aos negócios um vasto campo de comunicação. É possível postar imagens, conversar com clientes e tornar sua empresa conhecida por um público muito grande com um conteúdo criativo.  Para ter sucesso nesse ambiente não basta apenas a presença digital. As empresas precisam de um planejamento para suas ações, de uma identidade clara e conteúdo de qualidade para seus seguidores.

 

O marketing promocional 

Não é porque as mídias digitais estão em alta que é preciso eliminar as mídias tradicionais. “Existem muitas formas de incorporar material impresso às ações de marketing digital, potencializando os resultados que os meios digitais proporcionam”, conta Camila T. Eskenazi Hakim, sócia da Gráfica Online Eskenazi.

Ter uma papelaria com envelopes, pastas, papel timbrado é sinal de cuidado e atenção a ser passado para os seus clientes.

 

Atendimento ao cliente

As empresas precisam entender que o SAC não deve ser um canal de perguntas e respostas. Ele na verdade é importante para a construção de uma relação entre o consumidor e a empresa que ele se relaciona. É preciso trabalhar os clientes que possuem dúvidas, que têm interesse e também os que já fizeram a compra e ainda não foram fidelizados.

 

Públicos e valores

Não é uma questão apenas de satisfazer seus clientes com produtos ou serviços. Transmita uma imagem condizente com seu público de interesse. Causas sociais e sustentabilidade são ótimas formas de iniciar um posicionamento.

 

Métricas de sucesso e planejamento

É sempre bom ter formas para quantificar os resultados de sua empresa. Para isso, basta elaborar um planejamento concreto com métricas de controle para avaliar se tudo está como o esperado.

 


Gostou do nosso conteúdo? Procurando mais dicas para alavancar os resultados de sua empresa? Venha tomar um café conosco! Entre em contato!

Quer saber mais? Continue navegando pela nossa página!

Entre em contato e conheça mais do nosso grupo!

contato@meepe.com.br

Posts recentes

Entre em contato e saiba como participar da Meepe Networking contato@meepe.com.br ou preencha abaixo:

no responses
08/10/18 Negócios # , , , , , , ,

Seu negócio ainda não possui Missão, Visão e Valores?

Seu negócio ainda não possui Missão, Visão e Valores?

Sua empresa ainda não possui Missão, Visão e Valores? Entenda a importância desses itens para gerar valor para seus clientes, para sua equipe e para a sociedade.

Para exercer uma liderança compartilhada é necessário que sua empresa possua missão, visão e valores. Juntos, eles visam representar a identidade de uma organização. Todas as pessoas devem saber claramente o propósito e a razão da existência de seu negócio. Uma missão bem elaborada é fundamental para que o mercado escolha uma empresa como sua fornecedora, parceira ou algo do tipo.

 

Missão

Uma declaração concisa do propósito de sua empresa e das suas responsabilidades perante seus clientes. Porque a empresa existe? O que ela faz? Para quem? Você tem sido um empresário de visão? Essas perguntas são muito importantes para falarmos de missão.

Visão

A visão nada mais é do que uma descrição do futuro almejado para a empresa. Ela é o alvo procurado pelos esforços de todos, tanto individuais, como da equipe e também da alocação de recursos. Deve conter tanto a aspiração, quanto a inspiração.

  • Aspiração:de tornar-se algo
  • Inspiração:O porque desse algo merecer ser concretizado

Essa frase deve ser prática, realista e visível. Afinal de contas, ela deva sugerir resultados tangíveis. O que a empresa quer se tornar? O que a empresa será? Onde ela estará? Em que direção deve apontar os esforços dos colaboradores? Como você imagina sua empresa daqui dez anos?

 

Valores

Quando tratamos de valores, estamos falando a respeito de princípios e crenças que servem como guias ou critérios para comportamentos e atitudes. Eles facilitam a participação das pessoas no desenvolvimento da missão e da visão. Além disso também ajudam no comprometimento dos colaboradores com os clientes, fornecedores e com a sociedade.

Resumindo, os valores definem as regras básicas que norteiam atitudes e comportamentos. Dão suporte, auxiliam no foco moral e na ética da empresa. No que minha empresa acredita? O que é fundamental para que meus colaboradores exerçam suas funções?


Gostou do nosso artigo? Quer alavancar os resultados de sua empresa? Venha tomar um café conosco! Entre em contato!

Entre em contato e conheça mais do nosso grupo!

contato@meepe.com.br

Posts recentes

Entre em contato e saiba como participar da Meepe Networking contato@meepe.com.br ou preencha abaixo:

no responses
01/10/18 Negócios # , , , , ,

Empreendedorismo Feminino fortalece a economia

Empreendedorismo Feminino fortalece a economia

Hoje, 90% das posições de liderança corporativa são ocupadas por pessoas do sexo masculino. Em contrapartida, as mulheres somam 51,5% dos empresários iniciais do país. Isso mostra que as mulheres têm criado cada vez mais coragem para abrir um negócio. Saiba mais!

O empreendedorismo feminino tem ganhado força no Brasil. De acordo com uma pesquisa da RME (Rede Mulher Empreendedora) realizada com 1,3 mil mulheres no país, 85% já são empreendedoras e 15% pensam empreender.

Já a Pesquisa Global Entrepreneurship Monitor (GEM) em parceria com o Sebrae mostrou que a taxa de sucesso do empreendedorismo feminino de empresas com até três anos e meio de existência ficou em 15,4% frente aos 12,6% entre os homens.  Essa persistência feminina é afirmada pelo estudo realizado pelo The Boston Consulting Group. Segundo ele, startups fundadas por mulheres faturam mais do que as empresas fundadas por homens. Para cada dólar de financiamento, as startups fundadas por mulheres geram 78 centavos, enquanto as fundadas por homens rendem menos da metade disso (apenas 31 centavos).

 

Dificuldades

Qualquer pessoa que abre um negócio encontra dificuldades. Mas quando falamos de mulheres, além dos problemas comuns também há um passado que desacelera seu crescimento e sua evolução.

Muitas mulheres acabam desistindo do sonho de empreender por pensar que devem usar seu dinheiro em gastos com a família, por exemplo. Isso é causado pela atribuição de ‘cuidadora’ às mulheres, algo que está presente em nossa cultura. Porém, esse cenário vem mudando nos últimos anos.

 

Liderança feminina

Criar ambientes amigáveis, onde homens e mulheres possam conversar sobre suas experiências é fundamental para o empreendedorismo feminino.

“O empreendedorismo feminino vai fortalecer a economia e todos têm que participar desse processo: tomando consciência, dialogando e direcionando recursos para as mulheres que estão abrindo novos negócios”, conta Luis Gonçalves, Vice-Presidente Sênior e Gerente Geral da Dell.

Daniela Karam, Gerente de Marca e Marketing explica que as mulheres vêm avançando e crescendo no mercado:

 “Estamos em um momento em que o empoderamento feminino tem ajudado a quebrar paradigmas e estimular mulheres a abrirem o próprio negócio. E isso tem se refletido em nossa própria base, que hoje já é de maioria feminina”.

Um levantamento realizado pela Nuvem Shop mostra que o segmento de moda possui o maior volume de líderes mulheres com 64%, seguido de saúde e beleza com 58%, casa e decoração com 45% e eletrônicos com 23%.

“As mulheres são a maioria da população brasileira e têm uma atuação muito impactante na economia. Uma empresa não pode mais ignorar esse recorte”, finaliza Luis.


Gostou do nosso conteúdo? Quer alavancar os resultados de sua empresa? Venha tomar um café conosco! Entre em contato!

Entre em contato e conheça mais do nosso grupo!

contato@meepe.com.br

Posts recentes

Entre em contato e saiba como participar da Meepe Networking contato@meepe.com.br ou preencha abaixo:

no responses
1 2 3 4