09/07/18 Negócios # , , , , ,

Como lidar com situações de pressão no ambiente de trabalho?

Como lidar com situações de pressão no ambiente de trabalho?

Um estudo da Universidade de Harvard mostrou que a maioria das pessoas tentam ficar calmas da forma errada em momentos de dificuldade. Saiba em nosso artigo como tomar as rédeas em uma situação de pressão.

Todos nós passamos por ocasiões em que percebemos que um erro aconteceu. Desde um erro de digitação em um relatório ou até mesmo uma importante reunião marcada no horário errado. As circunstâncias podem ser diferentes para cada um de nós, mas em algum momento, todos já sentimos uma onda de pânico e medo nos atingir.

 

E quais as soluções para essas situações?

De acordo com um estudo realizado pela Harvard, a maioria de nós tentamos ficar calmos da maneira errada. Pessoas que abraçam o desafio de enfrentar uma crise acabam se saindo muito melhor do que aquelas que se forçam a manter a calma.

“Quando as pessoas se sentem ansiosas e tentam se acalmar, elas estão pensando no que poderia dar errado. Quando elas ficam animadas, elas estão pensando nas coisas que podem dar certo”, afirma o responsável pelo estudo, Allison Wood Brook.

Continuar composto, focado e efetivo é a forma exata de agir sob pressão. Assim você transforma ansiedade em energia.

Cometer um erro pode ser constrangedor, mas é necessário lembrar que apenas uma situação não pode definir toda sua trajetória. Pense: “Tem mais para mim do que essa situação. Um erro não vai me definir”.

 

Confira 3 dicas para manter a calma em situações de pressão e estresse:

1 – Evite levar para o lado pessoal

É preciso entender que o que acontece no ambiente de trabalho deve permanecer e ser resolvido ali. Se você não conseguiu atingir sua meta, se acabou se desentendendo com algum colega ou até mesmo se sua equipe não está produzindo como o esperado. Se existe algo que está lhe tirando a calma e causando estresse procure resolver esse problema no próprio ambiente de trabalho. Dessa forma você evita que estas questões afetem sua vida pessoal e seu bem-estar fora de sua empresa.

2 – O estresse vale a pena?

Mantenha esta pergunta como um mantra em sua vida em todos os momentos, não só no trabalho, mas também em sua vida pessoal. Ponderando você consegue analisar com clareza o que te incomoda, algo que não é possível quando está estressado. Assim, você pode respirar fundo e determinar a importância do assunto, passando a entender que não compensa perder sua paz por uma situação pequena.

3 – Seja positivo

Por mais estresse que o momento lhe cause, se mantenha sempre otimista e positivo. Se for necessário, pare um instante e tente se lembrar de ocasiões felizes que viveu durante a semana. Isso fará com que você relaxe e enfrente melhor a situação.

 

Respire! Toda vez que surgir algo que você sinta que irá te tirar do sério, pare por alguns instantes. Fique em um lugar sozinho e respire fundo. A respiração faz com que a calma volte aos poucos e você enxergue o cenário ao seu redor com mais clareza e menos preocupação.

 


Gostou do nosso artigo?Quer saber mais dicas para melhorar seu trabalho? Venha tomar um café conosco! Entre em contato! Quer saber mais? Continue navegando pela nossa página!

Entre em contato e conheça mais do nosso grupo!

contato@meepe.com.br

Posts recentes

Entre em contato e saiba como participar da Meepe Networking contato@meepe.com.br ou preencha abaixo:

no responses
02/04/18 Dicas e Guias # , , ,

A importância da inteligência emocional no mercado de trabalho

A importância da inteligência emocional no mercado de trabalho

Nos últimos anos, com o aumento da competitividade do mercado de trabalho, cada vez mais os profissionais estão preocupados com a sua formação intelectual. No entanto, nos processos seletivos, as recrutadoras estão priorizando algumas características que vão além da formação técnica. Por exemplo, a capacidade de lidar com diversas emoções de forma saudável e produtiva. Conheça em nosso artigo o conceito de inteligência emocional.

Cobranças, trabalho em grupo, pressão etc., muitas são as situações que um profissional tem que lidar. Com o aumento do cenário de dificuldade econômica, esses problemas têm aumentado e a exigência é ainda maior com as pessoas. Principalmente com as que estão procurando uma recolocação no mercado. Mas, quais são as exigências dos gestores? Qual o perfil do profissional ideal?

Não estamos aqui para passar uma lista de recomendações ou um checklist do que é um profissional perfeito. Afinal, cada um e cada área de atuação tem as suas especificidades e exigências. Mas, uma das características que tem feito as pessoas se destacarem é a inteligência emocional.

De acordo com uma pesquisa da consultoria norte-americana TalentSmart, o QE (Quociente Emocional), tem tido um poder mais decisivo do que o QI (Quociente de Inteligência), uma vez que 90% dos colaboradores mais bem avaliados por seus empregadores têm uma boa gestão de suas emoções. Ou seja, lidar com emoções tem sido uma característica valorizada.

 

Mas, o que é inteligência emocional?

Para os especialistas inteligência emocional, é a capacidade de saber entender e administrar suas emoções e as das pessoas que estão a sua volta. Para Daniel Coleman, um dos idealizadores do conceito, a inteligência emocional implica cinco capacidades básicas: descobrir as emoções e os próprios sentimentos, reconhecê-los, geri-los, motivar-se e gerir as relações pessoais.

Por exemplo, a coordenadora de RH na Luandre, Carolina Silva, fala de umas das situações recorrentes em seu dia a dia. Com a dificuldade de conseguir um emprego, profissionais não estão sabendo lidar com as entrevistas de admissão. De acordo com a coordenadora, “Grande parte dos profissionais que são chamados para processos seletivos já perderam a conta de quantos currículos enviaram e por quantas entrevistas e dinâmicas passaram. Pela frustração de não terem conseguido uma vaga ainda, muitos perdem a esperança e tornam-se agressivos”.

Carolina ainda comenta que atitudes como essas fazem as pessoas terem menos chances de recolocação.  “Já chegamos a ver casos de candidatos que discutiram com as consultoras por estarem impacientes, alegando que já passaram por muitas seleções”. Essa postura, segundo ela, pode impedir sua continuidade no processo, pois revela uma tendência à falta de equilíbrio emocional. “Procuramos sempre um perfil equilibrado e motivado, independentemente da situação”, afirma.

Ou seja, saber lidar com emoções está sendo uma condição primordial para o mundo empresarial. Principalmente porque uma pessoa com “mal comportamento” tem poder de influência sobre os demais.

Saiba mais sobre esse assunto em nosso artigo: Colaborador desmotivado pode contaminar uma equipe

Então, se em uma entrevista o recrutador vê a falta dessa característica,o profissional perde todas as chances.

Afinal, lidar com situações de crises tem se tornado algo comum. Então todos os colaboradores precisam ter esse equilíbrio.

 

Veja algumas dicas!

Todo problema psicológico deve ser tratado por quem entende do assunto! Cada pessoa tem a sua história e seus problemas! Então, caso você tenha tristeza ou um problema emocional grave só há um remédio: especialistas!

Mas, em alguns casos algumas atitudes melhoram o dia e a convivência com os colegas de trabalho, como:

 

Autoconhecimento –  você reconhece que em determinadas situações você lida com raiva? Seja sincero com você mesmo e assuma essa situação! Tente encontrar uma solução para passar por esses entraves da melhor forma possível.

Empatia – o seu colega de serviço está estressado? Já pensou em se colocar no lugar dele e tentar entender o motivo por ele estar assim? Toda reação tem um porquê! Procure compreender para ajudar!

Controle de emoções – o mundo não é um mar de rosas. Todos nós passamos por diversas situações embaraçosas, mas saber controlar os sentimentos de alegria e tristeza faz você olhar o problema de forma madura e fica mais fácil de encontrar uma solução.

 

Pense nisso!

Gostou do artigo? Recomende para a sua rede de contatos e continue acompanhando a nossa página! Quer saber mais sobre o mundo empresarial e como os empresários estão lidando com as diferentes situações de seus negócios? Venha tomar um café conosco! Entre em contato!

Entre em contato e conheça mais do nosso grupo!

contato@meepe.com.br

Posts recentes

Entre em contato e saiba como participar da Meepe Networking contato@meepe.com.br ou preencha abaixo:

no responses