20/11/17 Dicas e Guias # , , , , ,

Como fazer a sua Empresa superar a Crise do País?

Como fazer a sua Empresa superar a Crise do País?

artigo meepe Como fazer a sua Empresa Superar a Crise do País?

Faça sua empresa se destacar e driblar a crise econômica!

Um dos grandes desafios das empresas é sobreviver no mercado competitivo, onde negócios fecham as portas todos os anos. Com esse cenário agravado devido à crise econômica sua empresa deve buscar estratégias para atrair consumidores e manter-se funcionando.

Por onde começar?

Cada empresa possui uma razão para existir, uma missão que deve desempenhar com excelência. Ou seja, aquilo oferecido aos clientes, mas qualidade não é um diferencial e sim o mínimo esperado pelo comprador.   O que vai chamar a atenção é o diferencial do seu negócio. Mas como identificar esse diferencial? Revendo todo o conceito do seu empreendimento, desde produção, venda e atendimento ao cliente. Todos os processos devem ser analisados e comparados com a concorrência para identificar o que te torna diferente.

Segundo Passo

Após descobrir o que te torna diferente dos outros é necessário levar isso aos consumidores de maneira perceptível. Por exemplo, um pequeno empreendedor que possui uma padaria em um bairro residencial. Ele atende todos os dias as pessoas que moram na região, conhece cada uma e as atende sempre pelo primeiro nome. Na rua de baixo existe uma padaria franqueada,  onde o movimento é menor do que a da concorrente. O dono do estabelecimento nunca está presente e os funcionários sempre trabalham de maneira indiferente com seus poucos clientes.

Qual o diferencial?

Podemos dizer que o diferencial da pequena padaria é o atendimento. E que as pessoas que a frequentam preferem ser tratadas de maneira particular, um tratamento que recebem do atendente. Ele os chama pelo nome, pergunta da família e sabe o que cada um mais gosta de consumir. Neste caso, os próprios clientes se encarregam de promover o local indicando aos seus vizinhos e pessoas próximas. Portanto, além de identificar o seu diferencial de mercado há a necessidade de fazer o cliente percebê-lo. Existem diversas maneiras de levar essa informação às pessoas, como se comunicar através de redes sociais, contratando agências de comunicação, priorizando o atendimento e até por meio do boca a boca.

Confira 5 dicas para driblar a crise:

  1. Estar constantemente acompanhando os resultados da empresa: realizar análises contábeis e financeiras, projetar e simular hipóteses positivas e negativas. Essas atitudes possibilitam que os momentos difíceis sejam previstos com antecedência e permitam que o gestor se programe para resolver o problema considerando aquele cenário projetado. A importância de se fazer simulações e manter cenários é a possibilidade de se preparar para todos os tipos de desafios, traçando estratégias para o crescimento da empresa ou para reverter situações negativas.
  2. Precificação: reduzir drasticamente os preços para vender mais ou aumentá-los demais para cobrir despesas adicionais da empresa não são aconselháveis, pois neste caso é importante avaliar os preços cobrados e levar em consideração a concorrência, as mudanças do mercado e o novo planejamento da empresa.
  3. Determinar metas a serem alcançadas: motivar os funcionários e estimular sua empresa a aumentar as vendas e a produtividade é um fator importante. No entanto, deve-se ter cautela para estipular metas plausíveis e que animem o time, afinal o momento de turbulência econômica por si só, já é desanimador.
  4. Reduzir desperdícios: realize campanhas e palestras para conscientizar os funcionários em relação ao uso e consumo de itens envolvidos na produção do negócio. Reduzir o consumo pode parecer pouco eficaz, mas causa um grande impacto no balanço das contas.
  5. Ter uma equipe qualificada: tenha uma equipe preparada para mudanças e que acompanhe a necessidade de crescimento da empresa. É preciso que os funcionários estejam sempre prontos para os novos desafios e não se preocupem apenas em realizar suas tarefas minimamente.

Conhece o Meepe Networking? Ter bons relacionamentos com seus colaboradores faz diferença no negócio, assim como ter uma rede de contatos, que te possibilita divulgar melhor o seu trabalho e atender mais clientes. O Meepe Networking tem como objetivo aproximar e criar negócios a partir de relacionamento entre empresários e autônomos.

Quer saber mais? Continue navegando pela nossa página.

Entre em contato e saiba como participar da Meepe Networking contato@meepe.com.br

Entre em contato e saiba como participar da Meepe Networking contato@meepe.com.br ou preencha abaixo:

no responses
06/11/17 Dicas e Guias # , , , ,

Você sabe o que é MEI?

Você sabe o que é MEI?

O número de MEI cresceu em Bauru nos últimos anos!

Bauru está entre os três municípios do Estado de São Paulo que mais possuem MEI cadastrados. Perdendo apenas para São José do Rio Preto que lidera o ranking neste ano.

Com o cenário econômico desfavorável no país, o número de empregos no mercado de trabalho diminuiu e muitos brasileiros precisaram buscar outras fontes de renda, o que gerou mais de 7,5 milhões de formalizações de MEI nos últimos nove anos. Esses profissionais junto à micro e pequenas empresas somam 27% de participação do PIB brasileiro.

 

O que é um MEI? E como faço para me tornar um?

MEI significa Microempreendedor Individual. Para se tornar MEI é preciso faturar até R$ 60.000,00 por ano ou R$ 5.000,00 por mês, não ter participação em outra empresa como sócio ou titular e ter no máximo um empregado contratado que receba o salário mínimo ou piso da categoria. Esse profissional será enquadrado no Simples Nacional e ficará isento dos atributos federais (Impostos de Renda, PIS, Cofins, IPI e CSLL).

 

Confira o infográfico abaixo sobre o perfil do MEI:

MEI

MEI

Fonte: SEBRAE (http://www.sebraepr.com.br/PortalSebrae/sebraeaz/Microempreendedor-Individual)

Deseja se tornar um MEI e legalizar o seu negócio? Acesse o site do Sebrae e saiba mais clicando aqui.

 

Direitos e deveres

Existem benefícios os quais o MEI tem direito quando formalizado, como benefícios previdenciários, auxílio-maternidade, auxílio-doença, aposentadoria e outros. Também tem o direito ao CNPJ, acesso facilitado à empréstimos e abertura de contas bancárias e emissão de nota fiscal.

No entanto, existem alguns deveres a serem cumpridos, como o pagamento mensal de uma taxa. Para comércio ou indústria o valor cobrado é de R$ 45,00, para prestação de serviços são cobrados R$ 49,00 e para comércio e serviços o valor é de R$ 50,00. O cálculo corresponde a 5% do salário mínimo, a título da contribuição para a seguridade social, mais R$ 1,00 de Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) e/ou R$ 5,00 de Imposto sobre Serviços (ISS).

 

Clique aqui para saber mais sobre os direitos e deveres desta categoria

 

De acordo com um levantamento realizado pelo Sebrae, Bauru é o segundo município com maior número de trabalhadores cadastrados como mircroempreendedores individuais, com cerca de 20 mil cadastros. O município também já sediou a Semana do MEI realizada pelo Sebrae-SP, com serviços e orientações.

Houve um crescimento de 228% entre 2012 e 2017 de registros na cidade, segundo a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, Turismo e Renda (SEDECON). Tendo como principais profissionais se formalizando os cabeleireiros, que são mais de 1.700 empreendedores, seguidos pelos ramos de vestuário, obras de alvenaria, pintor e eletricista.

Porém, o segmento de construção civil, que também aparece como destaque no ranking, é o que tem formalizado profissionais em ritmo mais acelerado, conforme a titular da SEDECON.

 

Conheça Guel Nicolai, empresária que fez sucesso em Bauru, clicando aqui.

 

Microempreendedores de Bauru

Conheça alguns Microempreendedores individuais de Bauru e como a formalização ajudou em seus negócios.

 

“O cadastro foi simples porque tem vários contadores cadastrados que fazem de graça e isso facilita demais a formalização. Vantagens são muitas, ter o CNPJ abre as portas para atender empresas grandes e de médio porte, com isso aumentando as vendas.”
Bruno – Bauru Cartões

 

“Para o meu trabalho foi essencial essa regularização, me abriu portas para prestar serviços para outras empresas, com mais credibilidade e confiança!”
Maria Fernanda – Buffet Sano Sapore

 

Ao empreender deve-se lembrar que ao fazer negócios você não se relaciona com empresas, mas sim com pessoas! Diante disso, é essencial criar um relacionamento e uma rede de contatos que seja capaz de ajudar a expandir o seu negócio.

Conhece o Meepe Networking?

O Meepe é um grupo de networking, onde existe a oportunidade de conhecer as pessoas por trás das empresas, que têm o mesmo objetivo que o seu e que buscam uma verdadeira troca de indicações. O Meepe cria negócios por meio de relacionamento entre empresários e autônomos, conectando pessoas!

Quer saber mais? Continue navegando pela nossa página.

Entre em contato
e saiba como participar da Meepe Networking
contato@meepe.com.br

Entre em contato
e saiba como participar da Meepe Networking
contato@meepe.com.br ou preencha abaixo:

no responses