04/09/17 Dicas e Guias # , , , , , , , , ,

Fator determinante na compra de um produto

Fator determinante na compra de um produto

fator compra linkedin

Com o aumento da concorrência, cada vez mais empresas estão se esforçando para se destacar perante o seu público e fidelizar os seus negócios. Eber Moscheto, com grande experiência de mercado compartilha algumas dicas de como podemos utilizar os fatores determinantes de compra para alavancar os negócios.

No mercado atual, tem sido primordial conhecer, estudar e monitorar o comportamento dos consumidores. Geralmente, essa preocupação vem dos profissionais de marketing e dos gestores empresariais que procuram identificar as oportunidades e ameaças aos seus negócios com a possível insatisfação ou recua de seus clientes.

Por meio da análise minuciosa dos diferentes comportamentos dos consumidores, é possível planejar as estratégias mais adequadas ao divulgar um produto ou serviço. São muitos os fatores que influenciam no comportamento dos consumidores e é necessário saber utilizar as mesmas para motivar, encantar e até fidelizar os clientes de forma a aumentar a lucratividade no orçamento empresarial e o ápice da satisfação por meio dos consumidores.

Fator cultural – o fator cultural é visto como a personalidade de uma pessoa ou grupo. Como aprendizados, valores, percepções e preferências. Assim, ter a compreensão das diversas culturas de uma sociedade, ajuda os gestores a prever a aceitação dos seus produtos/serviços pelo consumidor. Melhorando a eficácia das vendas e a ascensão de produtos no mercado.

Fator Social – Determinados fatores, como os grupos de referência, família, amigos, papéis sociais e status, exercem alto grau de influência sobre as pessoas.

Uma pessoa participa de muitos grupos e a posição dessa pessoa em cada grupo pode ser definida em termos de papéis e status. Dependendo da atividade que uma pessoa possui ou desenvolva ela possui mais status que outras, sendo assim as pessoas escolhem produtos que comunicam seus papéis e status na sociedade.

Fator pessoal – Os desejos dos consumidores e a capacidade de satisfazê-los se alteram conforme as influências. Dessa forma, cada consumidor reage de forma diferente com estímulos idênticos. Isto é, pessoas de uma mesma classe social e ocupação, por exemplo, podem ter tipos de consumo diferentes.

Fator psicológico – a compreensão sobre o comportamento humano se faz por meio do diagnóstico de suas necessidades que surgem de estados de tensão psicológicos, como necessidades de reconhecimento, valor ou integração. Um motivo é uma necessidade que é suficientemente importante para levar a pessoa a agir, a maneira como ela age é influenciada pela percepção que ela tem da situação.

Motivação – constitui-se como uma força interior que se modifica a cada momento durante toda a vida, onde direciona e intensifica os objetivos de um indivíduo. Dessa forma, quando dizemos que a motivação é algo interior, ou seja, que está dentro de cada pessoa de forma particular erramos em dizer que alguém nos motiva ou desmotiva, pois ninguém é capaz de fazê-lo. No momento de comprar algo, o consumidor precisa estar motivado a adquirir o produto ou serviço.

Ao realizar um planejamento de venda para o seu negócio, pense sobre esses fatores determinantes! Não perca tempo e se destaque sobre a concorrência! Para saber mais sobre o assunto continue acompanhando a nossa página!

E você? Gostou do artigo? Se interessa por esse tema?

Continue acompanhando a nossa página!

Gostou do artigo? Continue acompanhando a nossa página que sempre estamos compartilhando conteúdos pertinentes para a sua vida profissional!

#MeepeNetworking #networkingbauru #meepe #rededecontatos #empresários #redes #redessociais #estratégias #empreendedorismo #negócios #startup #inovação

Entre em contato
e saiba como participar da Meepe Networking
contato@meepe.com.br

Entre em contato
e saiba como participar da Meepe Networking
contato@meepe.com.br ou preencha abaixo:

no responses
20/07/17 Dicas e Guias , Palestras , Palestras Convidados # , , , , , , , ,

Como criar uma Startup em 54 horas (e ter uma experiência incrível)

Como criar uma Startup em 54 horas (e ter uma experiência incrível)

Startup

Tem uma ideia nova e gostaria de colocá-la em prática? Com o intuito de instigar o espírito empreendedor das pessoas, a Startup Weekend é a melhor opção para quem deseja tirar suas ideias do papel e tornar real em um final de semana.

 

O que é?

Startup Weekend é um evento que acontece em um final de semana e que tem como objetivo dar um incentivo para quem quer iniciar uma startup (sair com uma empresa).

 

Perfis ao se inscrever

Ao se inscrever, você escolhe o seu perfil:

  • Desenvolvedor: pessoas com conhecimentos técnicos em programação e construção de sites e aplicações;
  • Designer: quem manja (manja? Num sei se encaixa aqui essa palavra) de layout, ficará responsável pela identidade visual e ações que envolvem design gráfico;
  • Empreendedor (não técnico): quem entende mais de negócios, geralmente fica responsável por ir à rua para falar com os clientes e pensar o modelo de negócios com mais afinco.

 

Como funciona?

 

SEXTA-FEIRA

O evento começa no final da tarde de sexta-feira. No primeiro momento, tem-se o credenciamento e logo após começa uma palestra relacionada à temática das startups. Depois da palestra, as pessoas têm 60 segundos para apresentá-la (é o famoso pitch). Depois, cada participante vota nas ideias que mais se identificou.

As ideias mais votadas são selecionadas para serem trabalhadas durante o final de semana e, durante o jantar. Os participantes se organizam em grupos, sendo que cada grupo representa uma das ideias selecionadas;

 

BADO

No sábado as atividades se iniciam às 8h ou 9h. Os grupos começam a transformar o que era uma idéia em um negócio que faça sentido. Geralmente no final da manhã acontece uma palestra sobre modelo de negócio e business model canvas, para a turma ter uma base mais sólida para o trabalho que farão no resto do final de semana.

Após o almoço, as equipes começam o contato com o grupo de mentores. Os organizadores do evento selecionam um grupo de mentores de acordo com o perfil do evento, e essa turma se reveza passando de grupo em grupo para ajudar os integrantes a desenvolverem o seu modelo de negócio. No restante do dia, as equipes começam as atividades para que a ideia saia do papel.

 

DOMINGO

No último dia do evento, os participantes se reúnem e as atividades seguem até o final da manhã, quando acontece uma palestra sobre pitch para os grupos começarem a preparar a sua apresentação final.

Após o almoço a montagem e treinamento das apresentações se intensifica, e os representes de cada grupo ganham alguns minutos com alguns mentores para treinar e receber feedback sobre a sua apresentação.

Geralmente no fim, os grupos devem entregar as apresentações e, logo após, começam as apresentações finais. Cada grupo tem de 3 a 5 minutos para apresentar a sua startup. Os vencedores ganham prêmios oferecidos pelos patrocinadores e apoiadores do evento, além da exposição da mídia, o que facilita que a ideia saia do papel.

 

 

E você? Gostou do artigo? Se interessa por esse tema?

Continue acompanhando a nossa página!

Gostou do artigo? Continue acompanhando a nossa página que sempre estamos compartilhando conteúdos pertinentes para a sua vida profissional!

#MeepeNetworking #networkingbauru #meepe #rededecontatos #empresários #redes #redessociais #estratégias #empreendedorismo #negócios #startup #inovação

Entre em contato
e saiba como participar da Meepe Networking
contato@meepe.com.br

Entre em contato
e saiba como participar da Meepe Networking
contato@meepe.com.br ou preencha abaixo:

no responses
29/06/17 Dicas e Guias , Palestras Convidados # , , , , , ,

Como usar o LinkedIn em seus Negócios

Como usar o LinkedIn em seus Negócios

linkedin

Com grande aumento no número de perfis cadastrados na rede no ano de 2016, a rede social para profissionais – LinkedIn tem sido aliada dos profissionais e das empresas brasileiras. Apesar de todo o crescimento, muitos usuários não têm explorados todo o potencial dessa rede social. Thiago Vendrami, assessor de imprensa, comenta sobre o potencial que essa rede social tem e como ela pode ser aproveitada para os negócios.

LinkedIn: Contexto

De acordo com a pesquisa “Futuro Digital em Foco Brasil 2015” (Digital Future Focus Brazil 2015), divulgada pela consultoria com Score mostra que os brasileiros são líderes no tempo gasto nas redes sociais. Sendo a média brasileira 60% maior do que a dos demais paises.

Nesse cenário, a rede social LinkedIn está entre as mais populares. Ficando atrás apenas do Facebook e Twitter. Diferente das demais redes, o LinkedIn tem o foco de permitir que os usuários se conectem a outros profissionais, sigam empresas, visualizem vagas, façam pesquisas específicas e interajam com conteúdos disponibilizados pelos usuários.

linkedin para negócios

Estratégias para aproveitar o melhor do LinkedIn em seus negócios

 Apesar da rede social estar tendo um aumento significativo no número de usuários, muitos profissionais e empresas ainda desconhecem o potencial dessa rede para seus negócios.

Segundo o nosso palestrante, aliado com boas estratégias de marketing, empresas e profissionais podem ter bons resultados com o uso da rede. Seja para fazer networking, realizar parcerias, reforço de marca e atrair clientes e novos talentos para integrar o time da organização.

Uma das recomendações de nosso palestrante é que os usuários tenham a sua imagem de perfil e de capa em boa qualidade e que todas as informações sobre a empresa sejam devidamente preenchidas.

Outra dica importante é investir na produção de Artigos, e- books, vídeos, entre outros materiais que podem aumentar significativamente a sua visibilidade e o ganho de potenciais contatos estratégicos.

Participe ou crie grupos de interesse. Uma das vantagens da rede é a possibilidade de participar de grupos de objetivos similares para gerar negócios. Aplicando essas dicas e se aprofundando mais sobre o assunto, sua pagina será mais uma forma de gerar negócios!

Gostou do artigo? Continue acompanhando a nossa página que sempre estamos compartilhando conteúdos pertinentes para a sua vida profissional!

#MeepeNetworking #networkingbauru #meepe #rededecontatos #empresários #redes #redessociais #estratégias #linkedIn #negócios

Entre em contato
e saiba como participar da Meepe Networking
contato@meepe.com.br

Entre em contato
e saiba como participar da Meepe Networking
contato@meepe.com.br ou preencha abaixo:

no responses
23/06/17 Dicas e Guias , Pequenos Negócios # , , , , , ,

Empresas podem se unir sem perder a sua particularidade

Empresas podem se unir sem perder a sua particularidade

empresas unidas

Saiba como

Com o intuito de se tornarem competitivas diante das grandes organizações, as micros e pequenas empresas têm sentido a necessidade de se unirem. Essa união pode se dar de diferentes formas. As formas mais corriqueiras de se estreitar laços entre as organizações acontecem por meio da participação por meio de associações, centrais de compras e cooperativas.

Outra maneira bem recorrente desse tipo de união é por meio de centrais de compras. Esse método se dá quando as empresas fazem pedidos unificados aos fornecedores para conseguir descontos nas compras.

Outra metodologia que vem sendo utilizada é a Central de Negócios. Desenvolvida pelo Sebrae, consiste na união de micro e pequena empresa de um mesmo segmentos para vender e comprar . Nesse método mesmo atuando de forma independente, as organizações podem se unir e comprar com os mesmos fornecedores e conquistar o mercado consumidor por meio de campanhas publicitárias em comum.

grupo de contato

Veja 5 formas de unir empresas

 

  1. Associações. Entidades sem fins lucrativos que reúnem empresas de um mesmo setor de atividade. Tem objetivo de dar voz aos empresários diante do poder público e aumentar a visibilidade no mercado. Não podem efetuar compras em nome dela, mas os associados podem formar centrais de compras internamente para conseguir descontos com fornecedores.
  2. Centrais de compras. Empresas concorrentes ou de atividades complementares podem se organizar para fazer compras em grupo. Com mais empresários comprando do mesmo fornecedor, o poder de barganha aumenta e é possível conseguir descontos nos pedidos.
  3. Cooperativas. Normalmente, são formadas por trabalhadores autônomos que, sozinhos, não têm muita capacidade para negociar com fornecedores e clientes. É preciso um número mínimo de 20 cooperados para existir. A diretoria, eleita por votação, faz as compras e as vendas e repassa os custos e os lucros para os cooperados. Não têm fins lucrativos.
  4. Fusão. Duas ou mais empresas se unem e deixam de existir no mercado para formar uma nova marca. Aumenta o poder de negociação com fornecedores, a variedade produtos e reduz custos com funções repetidas, como contadores e advogados.
  5. Incorporação. Duas ou mais empresas se juntam e apenas uma delas continua a existir no mercado, enquanto as demais envolvidas no negócio são absorvidas. É comum muitas fusões se darem pelo processo de incorporação para fugir da burocracia para abertura de uma nova empresa. (fonte UOL Notícias)

Além dessas formas, outra maneira que as micros e pequenas empresas têm utilizado de outras maneiras para se unirem. Uma delas é por meio do networking. Ao se relacionar em uma rede de contatos, empresários podem se aliar e conseguir vantagens juntos. Como a compra de produtos e serviços. Venha fazer parte do nosso grupo Meepe de Networking.

Gostou do conteúdo do nosso conteúdo?
Venha fazer parte do grupo de networking Meepe

#MeepeNetworking #networkingbauru #meepe #rededecontatos #empresários #segurançanasempresas #inovação

Entre em contato
e saiba como participar da Meepe Networking
contato@meepe.com.br

Entre em contato
e saiba como participar da Meepe Networking
contato@meepe.com.br ou preencha abaixo:

3 responses
18/06/17 Dicas e Guias # , , , , , , ,

A Inovação empresarial nas microempresas

A Inovação empresarial nas microempresas

inovação

Em um mundo cada vez mais competitivo você já deve ter se deparado com as famosas frases “precisamos inovar”, “empresa que não inova perde espaço no mercado”. Realmente, se pararmos para pensar em competitividade e em microempresas, o conceito de inovação é de extrema importância. No entanto, essa palavra pode ser mais simples do que imaginamos.

 

 

Contextualização

Vivemos em um mundo globalizado, em que empresas que não se adaptam às constantes mudanças são deixadas de lado e não sobrevivem. As regras de competitividade são ditadas por públicos cada vez mais exigentes e atentos. Com isso, as empresas que querem continuar no mercado precisam se diferenciar para se destacar.

Nisso, surge o conceito de inovação. É comum gestores de pequenas e microempresas, associarem a inovação com altos investimentos e ideias milagrosas. No entanto, ser inovador vai além disso. Criar uma cultura inovadora dentro da empresa não é exclusividade de campanhas grandes com mais recursos. Pois a cultura de inovação pode e deve ser implantada por qualquer empreendedor que queira ter sucesso e se manter competitivo no mercado.

A inovação está nos pequenos detalhes e principalmente no planejamento. Uma pequena lanchonete pode ser inovadora ao colocar um diferente ingrediente em um lanche típico das demais lanchonetes, por exemplo.

Ou seja, diferente das grandes corporações que investem em pesquisas e até criam condições para que o funcionário dedique parte de seu tempo para elaboração de projetos, os micro e pequenos empreendimentos podem inovar em algumas atitudes.

inovação empresarial

Inovação: Dicas para acertar

Implementar uma cultura de inovação em sua empresa pode ser mais simples do que você imagina. Confira algumas recomendações.

1.Transformar-se em uma empresa inovadora é um processo que exige atitude. A Cultura de inovação tem que vir de quem está na liderança que no caso das micro e pequenas é o próprio dono do negócio.

2. Abra um canal de comunicação interna que dê espaço a todos.Uma simples idéia para um problema pode vir de pessoas que estão vendo a questão por outro ângulo.

3.Incentivo à inovação. O reconhecimento de quem teve a idéia e dos que tornaram viável o resultado é importante

4.Aceite o erro. A inovação vem da tentativa. Não é sempre que se acerta. Estude e encare como aprendizado.

 

Gostou do artigo? Continue acompanhando a nossa página, estamos sempre compartilhando mais informações!

Gostou do conteúdo do nosso conteúdo?
Venha fazer parte do grupo de networking Meepe

#MeepeNetworking #networkingbauru #meepe #rededecontatos #empresários #segurançanasempresas #inovação

Entre em contato
e saiba como participar da Meepe Networking
contato@meepe.com.br

Entre em contato
e saiba como participar da Meepe Networking
contato@meepe.com.br ou preencha abaixo:

no responses
01/06/17 Palestras # , , , , , ,

Postura do Poder

Postura do Poder

Postura do poder: Dicas Rápidas
Palestrante: Janaina Rodrigues  – Personal Couching DAAB

A Comunicação da Postura

Mão na cintura, peito estufado e cabeça erguida, qual a imagem que vem a sua mente? Se a imagem é a do Super – Homem, saiba que isso não é à toa.

De acordo, com Janaina Rodrigues, Personal Executive Coach, a linguagem corporal tem o poder de identificar a personalidade e as características de uma pessoa.

Desde os primórdios o ser humano utiliza de diferentes formas para se comunicar. Ou seja, apesar de aprendermos desde crianças que a nossa forma de comunicação é a linguagem escrita. Mas, quando falamos em formas de comunicação, a linguagem corporal exerce grande influencia quando estamos nos relacionando.

Segundo especialistas em linguagem corporal, parte da nossa comunicação se dá por meio da linguagem corporal. Isto é, Forma de comunicação não-verbal, onde o corpo “fala” através de gestos, expressões faciais e posturas.

Quando interagimos com os outros indivíduos, 7% correspondem as palavras, 38% tom de voz e 55% linguagem corporal. Ou seja, nossa postura pode influenciar nos nossos sentimentos e pensamentos sobre nós mesmos.

postura-do-poder

Postura no Mercado de Trabalho

Podemos ver isso em nosso mercado de trabalho. Pessoas que assumem maiores riscos, que são mais otimistas, assertivas e confiantes, tendem a ter maiores índices de testosterona e menos de cortisol o que influencia diretamente na postura corporal.

Os indivíduos que têm essas características possuem posturas de poder. Como cabeça erguida, mão na cintura, peito estudado e etc. Ao contrário das pessoas que são mais inseguras, que tendem ter uma postura de fragilidade. Como cabeça baixa, não ereta, pescoço e ombros curvados para a frente.

Com isso percebe-se como a linguagem corporal diz a nosso respeito e como devemos estar sempre atentos com a nossa postura. Para ajudar nisso, Janaina Rodrigues recomenda cinco dicas a respeito do assunto:

 

– É muito fácil este é o perigo! Por ser fácil a maior parte das pessoas nunca fará!

– Como dizia Jim Rhon, o que é fácil de fazer também é fácil de não fazer!

– Se você não se sente confiante finja que sim!

–  Não finja que é poderoso até conseguir o que quer, finja até se tornar poderoso!

–  Nosso corpo muda nossa mente, nossa mente muda nosso comportamento, nosso comportamento muda nosso resultados ( AMY CUDDY)

Gostou do conteúdo do nosso conteúdo?
Venha fazer parte do grupo de networking Meepe

#MeepeNetworking #networkingbauru #meepe #rededecontatos #empresários #segurançanasempresas

Entre em contato
e saiba como participar da Meepe Networking
contato@meepe.com.br

Entre em contato
e saiba como participar da Meepe Networking
contato@meepe.com.br ou preencha abaixo:

no responses
09/05/17 Palestras Convidados , Startup # , , , , , , , ,

Startup – Novas alternativas de consultas médicas

Startup – Novas alternativas de consultas médicas

Startup – Novas alternativas de consultas médicas
Palestrante: Leon Klinske – Salus Consultas Médicas

Palavra cada vez mais conhecida no mundo empresarial dos brasileiros, startup tem sido uma grande opção para as pessoas que procuram inovação no momento de empreender. Leon Klinske, da empresa Salus, conseguiu fazer dessa palavra uma alternativa para as pessoas que dependem do Sistema Único de Saúde e precisam de atendimento rápido para resolver seus problemas de saúde.

 

Afinal, o que é Startup?

Apesar de ter algumas divergências em algumas definições, o conceito de startup que predomina no mundo empresarial é o de empresa que está em implementação, tem pouca ou nenhuma experiência de mercado, e é voltada para a geração de ideias inovadoras com um futuro promissor. Utilizando do aporte de capital de risco para financiar seus projetos de negócio escalável e que seja repetível.

 

Sallus: a startup que deu certo.

São com esses conceitos que a startup Sallus surgiu em Bauru. Com o objetivo de melhorar as condições de saúde da grande maioria da população que precisa recorrer ao serviço público de Saúde (SUS), a startup Bauruense oferece qualidade dos atendimentos de saúde a um preço popular.

Por meio dos serviços de agendamento de consultas particulares, checkups e exames médicos a preços populares, a startup tem a possibilidade de realizar todo esse processo por aplicativo ou site, totalmente gratuito, sem taxa de adesão, mensalidade ou anuidade.

Que facilita a vida dos pacientes que conseguem agendar facilmente uma consulta com preços inferiores (são consultas com preços de 40 a 120 reais) e dos profissionais da saúde que conseguem visibilidade e um retorno financeiro justo.

Além dessas vantagens, a startup é parceira da organização Médicos sem Fronteiras – organização humanitária internacional que tem o intuito de levar cuidados de saúde para os indivíduos  afetados por crises mundiais.

Para ajudar essa organização, para cada consulta agendada e realizada, é efetuada uma doação à organização.  Dessa forma, o paciente, ao se consultar com um médico cadastrado na Salus, ajuda automaticamente, fazendo uma doação e colaborando com a saúde de pessoas ao redor do mundo.

Viu como aquela sua idéia inovadora pode dar certo? Gostou do artigo?
Continue acompanhado a nossa página!

#meepe #meepenetworing #conectandopessoas #business #networking #palestraBauru
#networkingbauru #epaçozuplex #businessbauru

Entre em contato
e saiba como participar da Meepe Networking
contato@meepe.com.br

Entre em contato
e saiba como participar da Meepe Networking
contato@meepe.com.br ou preencha abaixo:

no responses
02/05/17 Dicas e Guias , Palestras # , , , , , , , , , ,

Montando com Excelência uma Apresentação de Power Point

Power Point: Montando com Excelência uma Apresentação

Power Point: Montando com Excelência uma Apresentação
Palestrante: Henrique Piovezan – Gestor de Aeronaves

Power Point é uma ferramenta essencial para a elaboração de apresentações, todo mundo sabe. Mas, sempre temos aquelas dúvidas no momento de elaborar aquela exposição. Afinal, qual fonte escolher? Qual a diagramação mais adequada?

 

Ter boa apresentação de Power Point é fundamental para manter uma boa impressão do palestrante, do assunto, serviço ou do produto que  esteja sendo divulgado.

 

Apresentação em Power Point

É aconselhável que os slides sejam apoio ao orador, e não o foco da apresentação. Ele deve ser lido brevemente pelo público. Não tirando assim a atenção de quem fala. Para isso é muito importante que se tenha no máximo entre 08 e 10 linhas – contando o título.

Lembrando-se que devem estar em tópicos! Nunca textos. Porque, o tópico apresenta um assunto à tona, e o expert nele é você. Afinal, se todas as informações estão no slide, por quê você está ali falando?

Um dos aspectos primordiais que devem ser levados em consideração se refere à linguagem da apresentação. É essencial rever toda a gramática dos slides, e deixar os tópicos e subtópicos claros.  Afinal, não há confiança no que a pessoa fala se ela nem sabe escrever corretamente!

 

A Diagramação das telas no Power Point

Em relação à diagramação é importante se atentar para o tamanho da fonte, símbolos, imagens, cores e etc. A “marca” ou “símbolo” relevante à apresentação deve estar no canto superior esquerdo do slide, posição na qual mais chama atenção do espectador. É recomendável que se use sempre fontes básicas, como Arial, Calibri ou Times New Roman, pois são claras e simples de serem lidas, e passam profissionalismo.

Não há tamanho oficial das fontes. Ela não deve ser muito grande para o espectador na primeira fileira e nem muito pequena para quem está na última. Entre 44 e 46 para títulos e 27 ou 28 para os tópicos geralmente são suficientes.

Mantenha um contraste de cores que não seja muito forte para o espectador. Um amarelo com fundo vermelho, por exemplo, além de fazê-los forçar a vista, é muito feio, porque chama muito mais atenção do que deveria.

É aconselhável que se utilize os tons básicos, como preto com fundo branco ou branco com fundo claro. De forma semelhante, as transições devem ser o mais simples possível; nada de sons ou “dancinhas”. Utilize a opção “esmaecer” ou nenhuma para manter a formalidade da apresentação.

Anote aí!

E, por fim, lembre-se das imagens. Elas são ótimas para qualquer apresentação. Uma vez que  edificam uma ideia ou pensamento,construindo o que você quer que a plateia pense ou imagine. Além disso, ela quebra a monotonia dos tópicos. Tabelas e gráficos têm o mesmo efeito das imagens em ambientes corporativos, porém devem conter as informações mais importantes, nada que tire o foco do assunto (se você está falando sobre o lucro de uma empresa, ressalte isso no slide).

 

Agradecemos, o palestrante pelo conhecimento compartilhado! Gostou do artigo? Continue acompanhando a nossa página e conheça o verdadeiro networking!

#Power Point #apresentação slides #Power Point apresentação #business #networking #dicas Power Point #dicas apresentação #bauru #meepenetworking #marketing

Entre em contato
e saiba como participar da Meepe Networking
contato@meepe.com.br

Entre em contato
e saiba como participar da Meepe Networking
contato@meepe.com.br ou preencha abaixo:

no responses