22/02/19 Dicas e Guias # , , , , ,

4 dicas para preparar e apresentar uma boa palestra

4 dicas para preparar e apresentar uma boa palestra

Preparar e apresentar uma boa palestra é algo que pode intimidar até mesmo os grandes executivos. Confira 4 dicas que vão te auxiliar nesse momento!

O segredo para uma boa palestra

Um fracasso durante uma apresentação, para alguns, pode afetar toda a sua credibilidade. Mas afinal, existe uma fórmula mágica para uma palestra bem-sucedida? A resposta é sim, a preparação! Através de uma apresentação você pode compartilhar toda sua experiência e com isso gerar visibilidade para sua empresa e também para sua marca pessoal. Veja agora 4 dicas para não errar em sua próxima apresentação:

 

– Conheça seu público

Você iria para um jantar sem conhecer os anfitriões? Espero que não. Portanto, não participe de uma palestra sem conhecer quem estará presente. Pesquise o tamanho e o tipo do seu público. Imagine quem estará lá e por quê, quais os desafios que essa pessoa enfrenta e quais serão as informações que poderão mudar sua perspectiva. Isso irá te deixar mais a vontade e ainda fará com que você adapte sua palestra para cada ocasião. Quanto mais solto você estiver, mais fácil ficará para manter o controle sobre o público e fazer com que ele entenda o conteúdo.

 

– Defina suas três mensagens

Pode parecer estranho, mas você precisa de apenas três mensagens. Se tiver mais do que isso poderá perder a atenção dos seus espectadores. Quais são as três coisas que podem mudar a maneira com as pessoas enxergam sua área? Reflita sobre isso e apresente.

Especialistas são convidados para palestras porque eles são exatamente isso: especialistas. Não há dúvida de que você sabe muito sobre a sua área. Quais tópicos únicos você traz para a discussão? Capture os itens que o público só receberá de você.

Amanda Hill, CEO de uma agência de comunicação e relações públicas

 

–  Estude, apresente dados e use todas as suas ferramentas

Para engajar uma audiência é preciso equilíbrio entre dados práticos e histórias personalizadas. É muito comum vermos apresentações cheias de gráficos que acabam tornando a palestra algo maçante.

Assim, pesquise dados que irão sustentar aquilo que será apresentado. Utilize gráficos e slides de fácil compreensão e procure por histórias interessantes, desde a sua própria história ou até mesmo a de um livro que você leu ou de uma personalidade histórica. O modo de dar uma boa palestra também pode variar.

Você pode ter uma conversa que estimule a conexão com seu público ou apresentar slides mais técnicos; pode realizar uma apresentação cheia de energia com um microfone sem fio ou solicitar um pedestal com microfone. Enfim, a escolha das suas ferramentas irá depender do formato de palestra que você deseja exibir. Veja isso como um evento coreografado, onde cada detalhe precisa transmitir uma mensagem.

 

– Se prepare e transpire propriedade

Seja você é iniciante ou veterano, o nervosismo e a apreensão sempre entram em cena minutos antes da palestra. Mas, diferente do que a maioria das pessoas pensam, isso é algo bom, pois a adrenalina abastece seu corpo com energia e te deixa mais entusiasmado para realizar uma performance mais viva. Aproveite esses momentos antes da apresentação para se concentrar. Tenha seu próprio ritual e esteja sempre preparado.

Além do mais, uma boa palestra pede um palestrante com propriedade, então fale com conhecimento de causa e mostre que você entende do assunto durante a apresentação. Seja confiante e mantenha um ritmo de discurso. Nem muito rápido e nem muito devagar.

Com preparação e prática, é possível fazer melhor uso de seu material e ainda deixar margem para um pouco de improviso, que é quando muitas das melhores palestras encontram sua mágica.

Amanda Hill, CEO de uma agência de comunicação e relações públicas

 

Boas palestras geram boas conexões!

Em resumo, conhecer seu público e estar preparado são os pontos chaves para realizar uma boa palestra. Com uma apresentação de sucesso é possível criar um vínculo com seus espectadores e isso pode ser extremamente vantajoso para sua empresa.  Fazer parte de um grupo de networking é uma ótima forma de alavancar seu negócio através de bons discursos. Conheça a rede de contatos que mais cresce em Bauru. Venha tomar um café conosco e saiba mais sobre o Meepe Networking!

Entre em contato e conheça mais do nosso grupo!

contato@meepe.com.br

Posts recentes

Entre em contato e saiba como participar da Meepe Networking contato@meepe.com.br ou preencha abaixo:

no responses
23/04/18 Dicas e Guias # , , , ,

Como lidar com a dificuldade de falar em público

Como lidar com a dificuldade de falar em público

Tremedeira, dores na barriga, alteração na voz, transpiração etc. Essas são algumas reações comuns para as pessoas que têm certo receio de falar em público. Afinal, falar para os outros não é uma tarefa simples. Pois nunca sabemos qual será a reação do outro e, se a nossa exposição será bem compreendida. Veja em nosso artigo algumas dicas para se sair bem em suas apresentações!

 

Tenha Autoconhecimento

Assuma suas limitações e seus pontos fracos. Não tem problema nenhum se você não tem facilidade e nem aptidão para falar em público. Quando sabemos como somos, fica mais fácil lidar com a situação. Por exemplo, se seu chefe pede para desenvolver uma palestra em que será preciso se expor, automaticamente você começará a trabalhar suas fraquezas de forma mais simples. Como treinar a apresentação, falar com os colegas etc.

Saiba qual o seu público e conheça o local

Um dos maiores problemas das pessoas que têm dificuldade de se expressar em público é não saber lidar com imprevistos, como a energia acabar e não ter aonde expor a apresentação em PPT, alguém fazer um tipo de questionamento, o local não ter um clima agradável etc. Para evitar ser pego de surpresa e ficar ainda mais nervoso com a situação, procure se prevenir e informe-se!

Pratique

Segundo a diretora-gerente do Citigroup, Linda, a melhor maneira de praticar não é decorar o que vai ser falado exatamente, mas sim memorizar a linha de raciocínio e a fluidez das mensagens. “Acima de tudo, lembre-se de que menos é mais quando o assunto é falar em público. Eu acredito que a média de atenção da plateia é de cerca de 20 minutos”, afirma.

Alimente-se bem

Para evitar que o nervosismo afete a sua saúde, procure comer alimentos leves um dia antes. Mas não ingira muito líquido para evitar idas ao banheiro e alimentos muito pesados (que atrapalhem a digestão e afetem o seu humor).

 

Para saber mais veja, o vídeo que separamos para você:

E além de tudo isso, tenha a consciência de que até mesmo as pessoas com mais aptidão para lidar com o público, têm as suas limitações e se esforçam sempre para superar os seus limites.

 

Nós do Meepe, estamos sempre ajudando uns aos outros em nossas reuniões e encorajando cada um a superar os seus limites! Venha tomar um café conosco!

Entre em contato e conheça mais do nosso grupo!

contato@meepe.com.br

Posts recentes

Entre em contato e saiba como participar da Meepe Networking contato@meepe.com.br ou preencha abaixo:

no responses
22/01/18 Palestras # , , ,

Inteligência Positiva: o que é e como utilizá-la em nossa vida!

Inteligência Positiva: o que é e como utilizá-la em nossa vida!

"Comece de onde você está, use o que você tem e faça o que você pode".

Constantemente ouvimos que devemos ser inteligentes para alcançar nossos objetivos. E para isso devemos nos esforçar muito, estudando matemática, português, inglês, gestão, economia etc.

No entanto, você também ouviu falar sobre inteligência emocional e talvez não tenha dado a devida importância. Este conceito foi criado pelo psicólogo estadunidense Daniel Goleman, presente na psicologia, e é utilizado para que os indivíduos identifiquem suas emoções com mais facilidade.

Ou seja, por meio da inteligência emocional conseguimos controlar nossos impulsos, conduzir nossas emoções, praticar a gratidão, motivar e encorajar o próximo.

Para a nossa palestrante Janaina Rodrigues, por meio desse tipo de inteligência, conseguimos controlar as nossas emoções – que têm a tendência de nos enganar, evidenciando o lado negativo da vida. É como se sempre tivéssemos um “bloqueio” para ter o controle das emoções e sentimentos. Não atingindo assim seus objetivos pessoais e profissionais.

Quando temos a inteligência emocional conseguimos mudar a forma de pensar e agir, superamos adversidades, vendemos mais e melhoramos nossos relacionamentos.  Afinal, você já parou para pensar que seus resultados insatisfatórios podem estar relacionados aos seus comportamentos ‘produzidos’?

Isso ocorre por termos a dificuldade de identificar o que queremos. E por atrairmos o que sentimos. Isto é, se você é uma pessoa negativa e perdida em seus planos, automaticamente não conseguirá sair da sua zona de conforto!

A melhor forma de sair dessa situação é: enfraquecer os sabotadores e fortalecer os músculos do cérebro. Como?  Identificando e observando os pensamentos que te impedem de olhar a vida de forma positiva e desviando a sua atenção por 10 segundos em algum dos sentidos. Por exemplo, separar um tempo para escutar a sua respiração.

 

Janaina Rodrigues, deu algumas dicas para você conseguir atingir a inteligência positiva:

 

Anote em sua lista o que faz sentido para você colocar mais foco:

1 – Assuma o controle da sua vida;

2 – Identifique alternativas;

3 – Pare de dar desculpas;

4 – Evite julgamentos;

5 – Conte suas bênçãos diárias e agradeça mais;

6 – Invista mais tempo com seus familiares;

7 – Saboreie as alegrias da vida;

8 – Perdoe mais;

9 – Reduza o desperdiço;

10 – Creia;

11 – Crie o hábito de elogiar;

12 – Um elogio sincero pode mudar seu dia;

13 – Vibre.

 

Você atrai aquilo que sente, aquilo que teme. O seu pensamento, o que está em foco, se expande.

Agradecemos a palestrante por compartilhar seu conhecimento conosco!

Se você se interessou pelo artigo e por nosso grupo, entre em contato! Esperamos a sua presença no próximo café da manhã para aprender e empreender!

Entre em contato e conheça mais do nosso grupo!

contato@meepe.com.br

Posts recentes

Entre em contato e saiba como participar da Meepe Networking contato@meepe.com.br ou preencha abaixo:

no responses