17/06/19 Dicas e Guias # , , , , , ,

Veja o que é a Síndrome do Impostor e como se livrar da autossabotagem!

Veja o que é a Síndrome do Impostor e como se livrar da autossabotagem!

A síndrome do impostor afeta tanto chefes quanto colaboradores e está cada vez mais comum devido a pressão constante de ser bem-sucedido no mercado de trabalho

O que é a Síndrome

Na realidade, esse sentimento não é verdadeiramente uma síndrome ou transtorno, é “algo que todo mundo sente em menor ou maior grau”, diz a criadora do termo Pauline Clance. Dessa forma, trata-se de um sentimento constante de incapacidade, em que o indivíduo tem medo de ser descoberto como uma fraude intelectual, mesmo que seja completamente capaz e digno de seus méritos.

Quais são os principais sintomas?

Alguns dos sintomas das pessoas com essa síndrome são:

. Procrastinação;

. Perfeccionismo;

. Comparação com os colegas de trabalho;

. Assumir mais trabalho que o necessário;

. Insatisfação;

. Medo de sair da zona de conforto;

. Buscam sempre aprovação externa;

. Não comemoram o sucesso.

Aprenda a se livrar da autossabotagem!

Se você se identificou com alguns desses sintomas, a psicoterapia é a melhor forma de superar esse padrão de comportamento. Mas, se você não pode ter o suporte necessário, veja algumas dicas para superar esse hábito que te prejudica no seu crescimento profissional.

. Ninguém é perfeito: assuma que as falhas fazem parte do seu crescimento profissional;

. Evite comparações: para que se comparar? Você pode se inspirar nos demais para crescer ainda mais. Lembre-se: só você pode ser você.

. Compartilhe informação: trocar experiências é sempre incrível! Além disso, é uma boa maneira de levar conhecimentos novos para o trabalho.

. Você é capaz! Seja gentil com você mesmo, aceite que todo ser humano tem limites e que você faz o melhor que pode. Confie no seu potencial!

Conheça outros profissionais no Meepe Networking!

Conversar com outros profissionais é uma boa maneira de entender a sua importância e a dos demais no mercado. Além disso, é bom poder compartilhar seus sentimentos em relação aos negócios com outras pessoas que podem estar passando pelo mesmo que você.

Conheça o grupo de networking que mais cresce em Bauru e aprimore sua vida profissional!

Gosta de nossos artigos? Então continue acompanhando!

Entre em contato e conheça mais do nosso grupo!

contato@meepe.com.br

Posts recentes

Entre em contato e saiba como participar da Meepe Networking contato@meepe.com.br ou preencha abaixo:

no responses
30/05/19 Dicas e Guias # , , , , , , , , ,

Como ter um bom relacionamento com o dinheiro do seu negócio

Como ter um bom relacionamento com o dinheiro do seu negócio

Veja algumas dicas para equilibrar o orçamento e usar o dinheiro de maneira consciente e planejada para sua empresa crescer!

Planejamento

Antes de tudo é necessário saber quanto dinheiro há no caixa e quanto pode gastar. Após isso, é hora de planejar suas metas e o que você precisa fazer para alcançá-las. O que resume essa etapa pode ser denominado de “objetivo financeiro”, que torna visível onde economizar para alcançar tais objetivos.

Controle de entrada e saída do dinheiro

Não dá para negligenciar essa parte. Assim será possível perceber onde você pode cortar gastos para investir em outras áreas e se o dinheiro que você está investindo está tendo retorno. Além do mais, não há como fazer um planejamento eficaz se não há controle do dinheiro.

Despesas e custos são diferentes

As despesas são gastos fixos como água, luz, internet, que virão independente de quanto você vender, ou seja, não dá para desconsiderar. Já os custos são os gastos para manter o serviço prestado. Separar essas duas “vertentes” ajuda a ter maior consciência e guia o processo de gastar só com o necessário e evitar desperdícios.

Reserva para emergências é essencial

Estar preparado para imprevistos é um ponto chave dos negócios. A empresa não pode parar caso aconteça algo inesperado, então ter uma reserva para emergências é de extrema importância. Mesmo que seja uma pequena quantia no começo, essa reserva dará segurança caso você precise correr riscos.

Contratar seguros

Existem vários tipos de seguros para empresas e ao contratar o que satisfaz melhor suas necessidades, você assina contrato com a sua segurança além de proporcionar esse sentimento ao cliente. O seguro é como se fosse um fundo de emergência aplicado em profissionais que vão te dar apoio se houver imprevistos.

Enfim, para te ajudar a começar a seguir essas dicas, aqui há alguns aplicativos de finanças que podem te guiar!

Gosta dos nossos artigos? Continue acompanhando!

Entre em contato e conheça mais do nosso grupo!

contato@meepe.com.br

Posts recentes

Entre em contato e saiba como participar da Meepe Networking contato@meepe.com.br ou preencha abaixo:

no responses
20/05/19 Dicas e Guias # , , , , , , , ,

Veja 5 maneiras de melhorar seu networking na área profissional

Veja 5 maneiras de melhorar seu networking na área profissional

A maioria das pessoas ignora a importância de manter uma rede de contatos para o sucesso profissional, mas o networking é imprescindível

Rede de contatos

Networking é a palavra em inglês que define a capacidade de criar uma rede de contatos com o objetivo de ampliar as oportunidades de sucesso na área profissional, pois gera um benefício mútuo entre as partes relacionadas, já que quando surge uma chance de negócio, a indicação de contatos geralmente favorece a contratação de serviços.

Por isso, abaixo estão algumas maneiras de melhorar seu networking:

Defina metas

É importante ter em mente onde quer chegar, definir metas é o primeiro passo para traçar seus objetivos e saber quais serão as pessoas que poderão colaborar com seus projetos. Dessa forma, ache um tempo, anote seus objetivos e faça uma lista de contatos que podem ser bons parceiros para seus negócios.

Atualize sua rede de contatos

Você pode melhorar sua rede de contatos frequentando redes de investidores e/ou empreendedores, meetups, enfim. O importante é procurar e estar próximo de pessoas com os mesmos interesses que os seus, nem que seja através de grupos e redes sociais. Essas pessoas podem ter alguma informação que fará a diferença no seu negócio e podem se tornar contatos offline. 

Focar nas conversas pessoais

Por mais que as redes sociais sejam grandes facilitadoras de contatos hoje, é essencial manter contatos pessoais, pois dessa forma é mais fácil conquistar a confiança das pessoas. Além disso, qualquer contato é uma via de mão dupla e não pode ser pautado apenas na relação de interesse. Então focar nas questões pessoais também é uma forma de estreitar laços.

Ouvir mais

Ninguém quer manter relação com uma pessoa que só fala e não sabe ouvir, não é mesmo? Assim, ao ser apresentado a um novo contato, procure ouvir mais o que ele tem a dizer e formule algumas perguntas a fim de mostrar seu interesse. 

Conheça o Meepe Networking

Para melhorar ainda mais seu networking, faça parte do grupo de networking que mais cresce em Bauru. O Meepe conta com mais de 30 empresas e falta você para deixar o grupo ainda mais fortalecido. Quer saber mais? Continue acompanhando nossos artigos!

Entre em contato e conheça mais do nosso grupo!

contato@meepe.com.br

Posts recentes

Entre em contato e saiba como participar da Meepe Networking contato@meepe.com.br ou preencha abaixo:

no responses
03/05/19 Dicas e Guias , Negócios # , , ,

Veja como o design é importante para os negócios!

Veja como o design é importante para os negócios!

O design é muito mais do que o estilo da empresa, é responsável por agregar valor ao negócio além de ser uma ferramenta que representa inovação!

Por que agregar o design ao seu negócio?

A primeira razão para fazer você aderir é de que a maioria das empresas pequenas não utilizam esse recurso por acharem que se trata apenas de estética, ou seja, acrescentar o design no processo de trabalho acrescenta personalidade e diferencial ao trabalho oferecido ao consumidor e gera destaque perante às empresas concorrentes.

Com este diferencial, surge a oportunidade de conquistar novos clientes, aperfeiçoar a produção, diminuir os custos e se destacar no mercado por criatividade e inovação.

Quais são as áreas em que ele opera?

O design opera principalmente em comunicação, produtos, ambientes e em serviços.

Na comunicação, pode atuar na construção da identidade visual e corporativa das mensagens, no design da informação, em editoriais, materiais para divulgação etc.

Em produtos, o design é responsável pela criação e produção de objetos especialmente para uso humano a partir de conhecimentos de psicologia relacionados ao consumidor.

Também pode planejar e desenvolver espaços, de forma a integrar o ambiente e as pessoas de forma funcional, segura, econômica, estética e confortável.

E em serviços, realiza a atividade de planejar e organizar pessoas, a comunicação, infraestrutura e outros materiais a fim de melhorar a relação entre o cliente e a empresa que presta serviço para uma experiência mais memorável.

Além disso, há web design, design gráfico, design de processos, design de softwares…

Se sobressaia!

Viu como agregar o design ao seu negócio é importante? O diferencial que a sua empresa precisa para se destacar no mercado pode ser conquistado de forma bem simples! Além dessa área importantíssima para a empresa, um grupo de networking também é essencial.

Então, venha tomar um café conosco para conhecer o Meepe Networking e fazer parte do grupo de empreendedorismo que mais cresce em Bauru!

Gosta dos nossos artigos? Então continue acompanhando!

Entre em contato e conheça mais do nosso grupo!

contato@meepe.com.br

Posts recentes

Entre em contato e saiba como participar da Meepe Networking contato@meepe.com.br ou preencha abaixo:

no responses
22/04/19 Dicas e Guias , Negócios , Palestras # , , , , ,

Maturifest: o primeiro festival no Brasil para empreendedores 50+

Maturifest: o primeiro festival no Brasil para empreendedores 50+

O Maturifest acontecerá de 26 a 28 de abril e será sediado em São Paulo. Não perca a chance de participar dessa experiência!

O que é a MaturiJobs

Para entender o que é a Maturifest, você precisa conhecer a MaturiJobs. Ela é uma empresa fundada em 2015, criada pelo empresário Morris Litvak cuja avó, Keila, não pôde mais trabalhar devido a um acidente e, após o ocorrido, teve sua saúde mental prejudicada.

Além disso, Morris percebeu que isso acontecia com vários idosos em trabalhos voluntários que fazia e, a partir dessas histórias, decidiu criar um projeto no qual conectava idosos e jovens através da internet.

Dessa forma, a MaturiJobs é uma empresa que entende a contratação de pessoas mais maduras como forma de trocar conhecimento e de promover saúde e bem-estar social, já que essas pessoas poderão continuar ativas pelo tempo que quiserem.

Então o que é o Maturifest?

O Maturifest é o primeiro festival de empreendedorismo para pessoas acima de 50 anos no Brasil. Vai acontecer de 26 a 28 de abril em São Paulo, das 9h às 20h. O evento terá workshops práticos, palestras, debates e espera receber mais de 700 pessoas durante os três dias de encontro.

Os temas abordados envolverão desde empreendedorismo individual, passando por economia compartilhada e cases de pessoas que se reinventaram profissionalmente depois dos 50 anos.

Além disso, durante o evento será lançada a MaturiServices, nova plataforma criada por Morris juntamente com a pesquisa “Trabalho e Empreendedorismo 50+” realizada em parceria com a NOZ Pesquisa e Inteligência.

“Esse tipo de evento é muito importante para que os 50+ se atualizem, se inspirem, conheçam cases para ver que é possível e, acima de tudo, façam contatos e novas parcerias”

CEO da MaturiJobs, Mórris Litvak

Nunca é tarde para empreender!

Os ingressos para o festival custam de R$ 150,00 a R$ 289,00 e você pode adquirir no site da Maturifest. Lá você também pode ver o local, quais serão os palestrantes, facilitadores e mediadores, além da programação completa dos três dias de evento.

O evento acontece em parceria com instituições como Sebrae, Estadão, Altos Eventos, Unibes Cultural, entre outros. Não deixe de participar desse evento incrível! E conheça o Meepe Networking, o grupo de networking que mais cresce em Bauru!

Entre em contato e conheça mais do nosso grupo!

contato@meepe.com.br

Posts recentes

Entre em contato e saiba como participar da Meepe Networking contato@meepe.com.br ou preencha abaixo:

no responses
15/04/19 Dicas e Guias , Negócios # , , , , , , ,

A comunicação não-violenta é uma habilidade do líder do futuro!

A comunicação não-violenta é uma habilidade do líder do futuro!

Saber se expressar e ouvir o outro com empatia são características fundamentais da comunicação não-violenta. Aprenda a aplicar na sua empresa!

O que é comunicação não-violenta?

A comunicação não-violenta é um processo de pesquisa desenvolvido pelo psicólogo norte-americano Marshall Bertram Rosemberg em conjunto com uma equipe internacional, que apoia a relação de equipe, parceira e cooperação baseada em empatia e comunicação eficaz.

Tem como foco basear as ações em valores comuns e fazer as seguintes distinções:

– Observação e juízo de valor

– Sentimentos e opiniões

– Necessidades e estratégias

– Pedidos e exigências

Chamada também de comunicação empática, considera que as ações têm a finalidade de satisfazer as necessidades humanas, mas tenta fazê-las sem o uso do medo, da vergonha, da ideia de falha ou de ameaça.

Como aplicar no ambiente de trabalho

Aplicar a comunicação não-violenta nos negócios é uma boa maneira de crescer e contribuir para que a equipe cresça em conjunto. Veja alguns passos:

  1. Observação: É necessário observar os acontecimentos sem avaliar. Após perceber os fatos, sem julgamentos, o próximo passo é compartilhar com o próximo. Nessa parte, tomando cuidado para falar sem qualquer carga de avaliação ou julgamento, para o interlocutor não receber a mensagem como uma crítica.
  2. Sentimento: Observar seus sentimentos e perceber quais foram despertados, é o segundo passo. É importante lembrar que nossos sentimentos dizem respeito a nós mesmos e as pessoas podem, apenas, servirem como gatilhos. Então, após o reconhecimento é necessário expressar sem jogar a culpa no outro por estar se sentindo daquela forma.
  1. Necessidades: A autoanálise é imprescindível. Então, após identificar qual necessidade sua não foi satisfeita na circunstância de conflito, você deve apenas compartilhar a questão. Uma forma interessante de fazer isso, é expressar as consequências que podem vir dessas necessidades insatisfeitas.
  1. Pedido: Após três etapas com o foco em você, é hora de focar sua atenção no outro e fazer um pedido com linguagem clara, que apresente possibilidade de ação concreta. E é importante se perguntar: se a pessoa te der uma negativa, o que acontecerá? Porque se ela não tiver alternativa, você estará fazendo uma exigência e não um pedido.

 

O objetivo é exercitar o respeito e a empatia com o outro e, principalmente, consigo mesmo. Em ambientes de tensão, como o local de trabalho, o ideal é transformar os conflitos em tensões positivas. Isso traz valorização, clareza, estímulo e motivação.

Vem pro Meepe Networking

Para crescer e se transformar, transformando o ambiente de trabalho, conheça o Meepe Networking! A Comunicação não-violenta é uma ótima ferramenta para alavancar os negócios! Faça parte do grupo de networking que mais cresce em Bauru!

Entre em contato e conheça mais do nosso grupo!

contato@meepe.com.br

Posts recentes

Entre em contato e saiba como participar da Meepe Networking contato@meepe.com.br ou preencha abaixo:

no responses
22/03/19 Dicas e Guias , Negócios # , , , ,

Conheça o programa brasileiro que fomenta o empreendedorismo feminino

Conheça o programa brasileiro que fomenta o empreendedorismo feminino

No mês da mulher, o MCTIC criou o programa de empreendedorismo digital com o objetivo de incentivar o protagonismo feminino. Já conhece? Veja mais!

O que é o programa

O programa é criado a partir de uma iniciativa do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), da Financiadora de Estudos e Projetos (FINEP) em conjunto com a Prefeitura Municipal de São Paulo, Ade Sampa e execução da Softex. Tem como objetivo impulsionar o protagonismo feminino através do empreendedorismo em negócios e inovação.

Como funciona

Ao entrar no site empreendedorasdigitais.org.br, haverá uma breve explicação sobre o que é o programa e em seguida um botão “QUERO SABER MAIS”, que vai direcionar para uma página para preenchimento de dados. Assim, você vai receber mais informações do programa pelo email.

O programa capacitará 300 mulheres e vai criar 30 startups que serão acompanhadas durante a pré-aceleração na capital paulista, com a presença de mulheres no processo de fundação da empresa ou em cargos de liderança.

Além disso, o programa disponibiliza palestras gratuitas mediante cadastro durante todo o programa nas regiões de São Paulo. Veja mais na página do Facebook!

Divulgação/ MCTIC

Porque o empreendedorismo feminino é importante

  1. As mulheres empreendedoras representam 48% dos microempreendedores individuais (MEI).
  2. Um estudo feito pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) constatou que as mulheres empreendedoras são mais jovens e com um nível de educação 16% mais alto que os homens. No entanto, elas continuam ganhando 22% menos que os empresários.
  3. As mulheres são responsáveis por 51,5% dos novos negócios criados no Brasil.

Conheça o maior grupo de empreendedorismo de Bauru

O Empreendedoras Digitais fomenta a participação feminina nos negócios e, consequentemente, na economia. No grupo Meepe Networking toda iniciativa é valorizada. Você já conhece o grupo de networking que mais cresce em Bauru? Venha tomar um café!

Entre em contato e conheça mais do nosso grupo!

contato@meepe.com.br

Posts recentes

Entre em contato e saiba como participar da Meepe Networking contato@meepe.com.br ou preencha abaixo:

no responses
22/02/19 Dicas e Guias # , , , , ,

4 dicas para preparar e apresentar uma boa palestra

4 dicas para preparar e apresentar uma boa palestra

Preparar e apresentar uma boa palestra é algo que pode intimidar até mesmo os grandes executivos. Confira 4 dicas que vão te auxiliar nesse momento!

O segredo para uma boa palestra

Um fracasso durante uma apresentação, para alguns, pode afetar toda a sua credibilidade. Mas afinal, existe uma fórmula mágica para uma palestra bem-sucedida? A resposta é sim, a preparação! Através de uma apresentação você pode compartilhar toda sua experiência e com isso gerar visibilidade para sua empresa e também para sua marca pessoal. Veja agora 4 dicas para não errar em sua próxima apresentação:

 

– Conheça seu público

Você iria para um jantar sem conhecer os anfitriões? Espero que não. Portanto, não participe de uma palestra sem conhecer quem estará presente. Pesquise o tamanho e o tipo do seu público. Imagine quem estará lá e por quê, quais os desafios que essa pessoa enfrenta e quais serão as informações que poderão mudar sua perspectiva. Isso irá te deixar mais a vontade e ainda fará com que você adapte sua palestra para cada ocasião. Quanto mais solto você estiver, mais fácil ficará para manter o controle sobre o público e fazer com que ele entenda o conteúdo.

 

– Defina suas três mensagens

Pode parecer estranho, mas você precisa de apenas três mensagens. Se tiver mais do que isso poderá perder a atenção dos seus espectadores. Quais são as três coisas que podem mudar a maneira com as pessoas enxergam sua área? Reflita sobre isso e apresente.

Especialistas são convidados para palestras porque eles são exatamente isso: especialistas. Não há dúvida de que você sabe muito sobre a sua área. Quais tópicos únicos você traz para a discussão? Capture os itens que o público só receberá de você.

Amanda Hill, CEO de uma agência de comunicação e relações públicas

 

–  Estude, apresente dados e use todas as suas ferramentas

Para engajar uma audiência é preciso equilíbrio entre dados práticos e histórias personalizadas. É muito comum vermos apresentações cheias de gráficos que acabam tornando a palestra algo maçante.

Assim, pesquise dados que irão sustentar aquilo que será apresentado. Utilize gráficos e slides de fácil compreensão e procure por histórias interessantes, desde a sua própria história ou até mesmo a de um livro que você leu ou de uma personalidade histórica. O modo de dar uma boa palestra também pode variar.

Você pode ter uma conversa que estimule a conexão com seu público ou apresentar slides mais técnicos; pode realizar uma apresentação cheia de energia com um microfone sem fio ou solicitar um pedestal com microfone. Enfim, a escolha das suas ferramentas irá depender do formato de palestra que você deseja exibir. Veja isso como um evento coreografado, onde cada detalhe precisa transmitir uma mensagem.

 

– Se prepare e transpire propriedade

Seja você é iniciante ou veterano, o nervosismo e a apreensão sempre entram em cena minutos antes da palestra. Mas, diferente do que a maioria das pessoas pensam, isso é algo bom, pois a adrenalina abastece seu corpo com energia e te deixa mais entusiasmado para realizar uma performance mais viva. Aproveite esses momentos antes da apresentação para se concentrar. Tenha seu próprio ritual e esteja sempre preparado.

Além do mais, uma boa palestra pede um palestrante com propriedade, então fale com conhecimento de causa e mostre que você entende do assunto durante a apresentação. Seja confiante e mantenha um ritmo de discurso. Nem muito rápido e nem muito devagar.

Com preparação e prática, é possível fazer melhor uso de seu material e ainda deixar margem para um pouco de improviso, que é quando muitas das melhores palestras encontram sua mágica.

Amanda Hill, CEO de uma agência de comunicação e relações públicas

 

Boas palestras geram boas conexões!

Em resumo, conhecer seu público e estar preparado são os pontos chaves para realizar uma boa palestra. Com uma apresentação de sucesso é possível criar um vínculo com seus espectadores e isso pode ser extremamente vantajoso para sua empresa.  Fazer parte de um grupo de networking é uma ótima forma de alavancar seu negócio através de bons discursos. Conheça a rede de contatos que mais cresce em Bauru. Venha tomar um café conosco e saiba mais sobre o Meepe Networking!

Entre em contato e conheça mais do nosso grupo!

contato@meepe.com.br

Posts recentes

Entre em contato e saiba como participar da Meepe Networking contato@meepe.com.br ou preencha abaixo:

no responses
08/02/19 Dicas e Guias # , , , , , ,

Você sabia que viajar pode te tornar um profissional melhor?

Você sabia que viajar pode te tornar um profissional melhor?

Viajar pode causar um impacto positivo em todas as áreas da nossa vida e inclusive te ajudar a ser um profissional melhor. Saiba como!

Férias são apenas distração?

Para muitas pessoas viajar pode significar uma fuga do trabalho. Mas se engana quem pensa que as férias não podem trazer benefícios para a vida profissional. Ao viajarmos nós nos sentimos mais ricos no nível pessoal e isso se estende para todas as áreas da nossa vida.

De acordo com a profissional Emily Brockway, cofundadora de uma empresa de serviços de viagens, existem 6 benefícios que viajar pode oferecer para sua vida e torná-lo um profissional melhor:

 

  1. Competência cultural

Vivemos uma era onde as empresas estão se tornando cada vez mais globais e diversificadas. Por mais que essa diversidade traga melhores resultados para o negócio, ela também gera uma necessidade de administrar e estimular com mais frequência a equipe. Viajar pode ajudar na convivência com os colegas de trabalho ou até mesmo a ser um profissional melhor para liderar seus colaboradores. Isso se deve ao fato de que as viagens tornam possíveis diferentes tipos de comunicação e mostram culturas diferentes, mesmo em uma pequena instância.

 

Quando os membros do time vêm de diferentes países e experiências e estão trabalhando em diferentes locais, a comunicação pode se deteriorar com facilidade, o mal-entendido pode acontecer e a cooperação pode se opor à desconfiança. Ao viajar para o exterior e vivenciar novas culturas e modos de vida, as pessoas se equipam para melhor gerenciar e liderar equipes diferenciadas.

Tsedal Neeley, professora da Harvard Business School

 

  1. Comunicação

É comum encontrar dificuldades para se comunicar durante uma viagem, seja por uma barreira do idioma ou por uma diferença cultural.  Você precisa ouvir bastante e ser criativo na maneira em que irá se comunicar com os outros e no trabalho não é diferente. De acordo com um relatório elaborado pela The Economist Intelligence Unit e a Lucidchart, 42% dos funcionários atribuem mal-entendidos no trabalho a diferentes formas de comunicação. Uma viagem para o exterior pode te proporcionar vivência e quebra de barreiras de comunicação. Isso faz com que você fique mais consciente das diferenças entre os estilos de comunicação no trabalho.

 

  1. Descanso para o cérebro

Seja para superar um bloqueio criativo ou sair da rotina, mudar o seu cenário pode ser uma boa solução. Fazer uma pausa é um dos melhores estímulos para a criatividade até mesmo para profissionais de alto desempenho.

Segundo um estudo da University of British Columbia, conforme nossa mente “passeia”, áreas cerebrais associadas à resolução de problemas ficam mais ativas. Viajar nos coloca em ambientes onde podemos pensar de formas diferentes.

 

  1. Melhoria do potencial

Por mais que muitas pessoas se apeguem em perguntas comportamentais nas entrevistas, mostrar seu potencial pode ser uma grande oportunidade de construir uma conexão com o entrevistador. Responda algumas questões com histórias relevantes sobre suas viagens.

Eu sempre faço um diário de viagem. Costumo anotar observações, lições aprendidas sobre o que me rodeia ou até mesmo coisas que aprendi sobre mim. Talvez isso possa ajudá-lo a descobrir o que você quer fazer da sua vida

Emily Brockway, cofundadora da Noken

 

  1. Agilidade

Enfrentar contratempos em um ambiente desconhecido é algo muito comum para quem está viajando. Isso faz com que você tome decisões fora da sua zona de conforto e aja como um profissional melhor resolvendo problemas inesperados.

 

  1. Conexões

Viajar é uma ótima forma de criar uma rede global. Através da tecnologia fica ainda mais fácil manter suas conexões em grupos no WhatsApp ou até pelo LinkedIn. Isso pode gerar muitas oportunidades para seu negócio.

A Fê La Salye fez um vídeo explicando como as viagens podem ser diferenciais para seu currículo, confira:

O networking também te ajuda a ser um profissional melhor!

Viajar pode contribuir e muito para sua vida profissional e frequentar um grupo de networking também! Junta-se ao grupo de contatos que mais cresce em Bauru. Venha tomar um café conosco e saiba mais sobre o Meepe Networking!

Entre em contato e conheça mais do nosso grupo!

contato@meepe.com.br

Posts recentes

Entre em contato e saiba como participar da Meepe Networking contato@meepe.com.br ou preencha abaixo:

no responses
24/01/19 Dicas e Guias , Negócios # , , , , , , ,

Como a gratidão e a gentileza melhoram o ambiente de trabalho

Como a gratidão e a gentileza melhoram o ambiente de trabalho

Como a gratidão e a gentileza melhoram o ambiente de trabalho

O trabalho do cérebro humano

Você sabia que nosso cérebro processa 11 milhões de informações em todos os seus cinco sentidos a cada segundo?  Desses 11 milhões de conhecimentos, 10.999.960 são filtrados e não se tornam parte da sua percepção consciente. Já os 40 restantes são usados para construir sua versão consciente da realidade. É assim que você irá explicar seu contexto. Suas ações e como você experimenta o mundo serão construídas à parte.

Para seu cérebro, a prioridade é a sobrevivência e ele sempre irá tentar te manter longe do que te faz mal. Isso faz muito sentido do ponto de vista evolutivo. Mas, se pararmos para analisar, seu cérebro não está deixando as 40 melhores informações à sua disposição. Ele está te direcionando para se proteger do pior cenário imaginável. Ou seja, você está sempre focado nos aspectos negativos em vez de enxergar os pontos positivos. Se aplicarmos isso ao ambiente de trabalho veremos que seu cérebro está focando em aspectos que ameaçam seu sucesso profissional e seu status.

Colegas que te deixam para baixo, comentários que não te agradam, perda de prazos ou até mesmo aquele chefe que não te apoia. Tudo isso será filtrado pelo seu cérebro e ele te dará sinal de alerta gerando mais estresse, ansiedade, frustração, raiva e depressão.

 

A importância da gratidão

Você pode escolher onde focar sua atenção e energia. A gratidão é algo muito importante, pois quando você utiliza coisas boas como uma parte mais ativa do cotidiano, toda a sua experiência se torna melhor. Assim as coisas negativas não irão te incomodar tanto.

De acordo com pesquisas pessoas mais gratas têm diversas vantagens, como:

– Maior sucesso na carreira

– Melhores relacionamentos

– Melhor saúde física

– Redução nos níveis de estresse

– Maior autoestima

– Mais otimismo em relação ao futuro e positividade em relação a vida como um todo

– Mais empatia e menos agressividade

 

3 dicas para ser mais grato em seu ambiente de trabalho

  1. Tenha uma lista de gratidão

Pode parecer algo bobo, mas ter uma lista com coisas pelas quais você é grato pode contribuir muito para sua experiência no trabalho. É grato pelo café grátis? Anote! Ou então por um colega que está sempre de bom humor, por um elogio que seu chefe te fez etc. Leia no final de cada semana tudo de bom que aconteceu com você.

  1. Utilize melhor seu trajeto

Quando for para sua casa no fim do dia, tente não focar em tudo que não saiu como o planejado. Escolha usar seu tempo para apreciar o que deu certo e quais oportunidades podem ser melhoradas.

  1. Escreva um bilhete de agradecimento

Deixe o dia de alguém mais feliz. Escreva um agradecimento com algo que você admira em seu colega. Esse gesto irá exercitar a gratidão não só em você que escreveu, mas também em quem receber o bilhete.

 

Gentileza gera gentileza!

Ser gentil e conviver com pessoas gentis também melhora o ambiente de trabalho. A gentileza deixa o clima mais leve e melhora o humor.

Muitas vezes, um simples “bom dia” pode ajudar a melhorar o humor de uma pessoa. Da mesma forma que o “com licença” e “por favor” reforçam comportamentos gentis e a boa educação. Pergunte-se como pode ser útil ou como pode ajudar um colega a desempenhar suas atividades. Lembre-se de que numa equipe não há concorrentes, mas parceiros.

Daniel Burd, Coach

 

Pratique boas ações!

Comprovamos que a gratidão e a gentileza melhoram o ambiente de trabalho, mas você já conhece os benefícios que participar de um grupo de networking pode oferecer ao seu negócio? Faça parte da rede de contatos que mais cresce em Bauru. Venha tomar um café conosco e saiba mais sobre o Meepe Networking!

Entre em contato e conheça mais do nosso grupo!

contato@meepe.com.br

Posts recentes

Entre em contato e saiba como participar da Meepe Networking contato@meepe.com.br ou preencha abaixo:

no responses
1 2 3 4 5