junho 18, 2018

5 mentiras comuns quando falamos de empreendedorismo

5 mentiras comuns quando falamos de empreendedorismo

Todos nós temos muitos sonhos na vida. E ter o seu próprio negócio pode ser um desejo até mais comum do que ter sua própria casa, por exemplo. Mas durante a jornada rumo ao sucesso, muitas mentiras são ditas sobre o empreendedorismo. Acompanhe nosso artigo e descubra porque essas crenças não são verdadeiras.

Empreender é um objetivo de muitos brasileiros.  De acordo com uma pesquisa encomendada pela plataforma PayPal, 66% dos brasileiros desejam se tornar empreendedores para, principalmente, ter mais liberdade e autonomia.  Diversos fatores contribuem para esse cenário, como a situação econômica do país e os altos índices de desemprego.

Existem mitos sobre ter seu próprio negócio que podem influenciar suas decisões de forma negativa. Preste bem atenção quando ouvir essas 5 mentiras:

 

1 – “Empreendedorismo requer muito dinheiro”

No Brasil os índices de mortalidade de empresas em seus primeiros dois anos de abertura são bem altos. Mas isso ocorre devido à falta de planejamento e conhecimento sobre o mercado. Órgãos como o o SEBRAE ensinam que é necessário, mesmo com poucos recursos financeiros, tomar as melhores decisões e com isso se firmar no mercado. Dessa forma, ter uma reserva financeira até alcançar estabilidade é muito importante, mas não o fundamental.

 

2 – “É preciso dom para empreender”

É comum ouvir de muitas pessoas que algumas nasceram para ser empreendedoras e outras não. Sem dúvidas, certas pessoas possuem mais facilidade em lidar com as funções de um empreendedor, porém não significa que isso não possa ser desenvolvido. Um dos principais segredos para ter um negócio de sucesso é o estudo de tudo que está relacionado a ele.

 

3 – “Ser empreendedor é fazer seu próprio horário”

Muitos confundem liberdade e autonomia com ausência de regras. É normal que algumas pessoas até deixem seus empregos para não ter mais que lidar com ordens. Mas, na verdade, especialistas dizem que no começo de um negócio, o empreendedor tende a trabalhar muito mais do que em um emprego convencional. A responsabilidade com prazos, clientes, fornecedores, funcionários e legislação também é muito maior.

 

4 – “Enriqueça da noite para o dia”

Ser ambicioso e sonhar alto não é errado, só que ter os pés no chão é fundamental. Empreender não é como apostar na loteria e se tornar milionário em questão de segundos. Normalmente os resultados são vistos a médio e longo prazo e são frutos de muito planejamento, investimentos assertivos, pesquisa de mercado, investimentos em marketing bem executados etc. Sonhar não é proibido, porém é preciso estar ciente de que há uma longa jornada pela frente.

 

5 – “É preciso arriscar tudo para empreender”

Engana-se quem pensa que empreender é estar o tempo todo caminhando em uma corda bamba. É claro que há momentos arriscados para qualquer empreendedor, onde são necessárias decisões difíceis.

“Planejar é esperar o melhor, estando preparado para o pior. Um planejamento bem executado ajuda qualquer empreendedor a enxergar as dificuldades com mais clareza e tomar as decisões corretas”, conta Roberto Eskenazi, que é empreendedor e sócio da Gráfica Online Eskenazi, localizada em São Paulo.

 

Gostou do nosso artigo?Quer saber mais dicas sobre empreendedorismo? Venha tomar um café conosco! Entre em contato! Quer saber mais? Continue navegando em nossa página!

Entre em contato e conheça mais do nosso grupo!

contato@meepe.com.br

Posts recentes

Entre em contato e saiba como participar da Meepe Networking contato@meepe.com.br ou preencha abaixo:

Dicas e Guias # , , ,
Share: / / /

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *